Na manhã desta sexta-feira (16/09), prefeito Rogério Cruz e representantes do governo estadual e de prefeituras da Região Metropolitana de Goiânia lançaram a meia-tarifa, programa que contempla passageiros que realizam viagens de até 5 quilômetros. Além desta funcionalidade, Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC) lançou outras, em meses recentes

Bilhete Único
Em intervalos de 2h30, o passageiro pode realizar até quatro integrações gratuitas em qualquer um dos sete mil pontos de ônibus da Região Metropolitana de Goiânia. O Bilhete Único permite ao usuário que faça viagens mais curtas, uma vez que ele não precisa mais se dirigir ao terminal para fazer a integração.

Passe Livre do Trabalhador
Empresas que aderem ao programa pagam assinatura no valor de R$ 180 mensais, por funcionário. O trabalhador beneficiado pode fazer até oito viagens diárias, todos os dias do mês, em qualquer linha de ônibus da Rede Metropolitana do Transporte Coletivo (RMTC).

Restauração do pavimento no Eixo Anhanguera
Desde junho deste ano, a Prefeitura de Goiânia trabalha na restauração do pavimento do Eixo Anhanguera. O serviço é executado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra).

Ampliação e modernização da frota de ônibus do Eixo Anhanguera
Em junho, CMTC e governo do Estado anunciaram que a frota do Eixo Anhanguera iria aumentar de 86 para 110 ônibus. Há planos de contratação de uma empresa para fornecer ônibus elétricos para o Eixo.

Citybus 3.0
O prefeito Rogério Cruz anunciou, na manhã desta sexta-feira (16/09), que as vans do Citybus voltarão a circular em Goiânia. “O serviço volta em outubro”, disse. “Os veículos terão ar condicionado, wi-fi e todo o conforto que havia no Citybus 2.0. Serão 66 vans em circulação”, informou.

Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia

prefeitura de goiânia