Prefeito Rogério Cruz e representantes da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC) lançaram, nesta sexta-feira (16/09), o programa meia-tarifa, que contemplará passageiros que realizam viagens de até 5 quilômetros. Nesse quadro, veja perguntas e respostas sobre o benefício

O que é a meia-tarifa?
A meia-tarifa é um benefício social no valor de R$ 2,15 destinado, nesta primeira etapa, à população usuária de linhas alimentadoras do transporte público coletivo de municípios da região metropolitana de Goiânia.

A partir de quando será implantada?
O benefício começará a ser válido a partir de 17 de setembro de 2022, em Senador Canedo, que será o primeiro município a ser contemplado nesta primeira etapa. Serão sete linhas beneficiadas nesta primeira fase de implantação da meia-tarifa.

Quem poderá ter acesso ao novo benefício
Inicialmente, os moradores de Senador Canedo ou quaisquer pessoas que usarem as linhas internas: 327, 328, 329, 331, 335, 336 e 337.

Como funciona?
Antes, os moradores de Senador Canedo pagavam R$ 4,30 para utilizar o sistema de transporte público dentro da própria cidade. Agora, o valor a ser pago será de R$ 2,15 para circular internamente.

Exemplo de como funcionará
Qualquer morador de Senador Canedo que embarcar em alguma das sete linhas alimentadoras pagará apenas R$ 2,15 para circular dentro da própria cidade, sendo efetivamente contemplado com o benefício da meia-tarifa. Caso ele precise ir até o terminal ou ponto de ônibus para fazer a integração, pegar uma outra linha que não faça parte das sete linha contempladas com a meia-tarifa, ele vai acessar diretamente o ônibus e, nele, fazer a validação do seu cartão. Neste momento, será debitado outros R$ 2,15 de complemento para seguir viagem.

Quais serão as mudanças no terminal Senador Canedo?
A partir de agora, o terminal Senador Canedo será aberto, ou seja, não terá mais linhas de bloqueio nem catracas para acessá-lo. Deste modo, as validações para quem for acessar o segundo trecho da viagem passam a ser feitas dentro dos ônibus e os embarques deverão ser realizados pela porta da frente. Os locais de embarque e desembarque no terminal permanecem os mesmos.

E para utilizar o transporte público para sair de Senador Canedo com destino a outras cidades, como Goiânia, por exemplo, como será o embarque?

Os embarques feitos pela porta dianteira dos veículos dentro do terminal Senador Canedo garantem o pagamento de tarifa básica integral (R$ 4,30) para viagens de longa distância. Caso o segundo embarque pela porta da frente dos veículos no terminal não fosse implantado, todos os passageiros viajariam pagando apenas R$ 2,15, inclusive nas viagens de longa distância.

Na integração, com embarque feito pela porta da frente do ônibus, como será o embarque?
O embarque passa a ser semelhante ao embarque em qualquer ponto de ônibus. Com o novo embarque a ser feito pela porta da frente dos veículos, é importante que as pessoas respeitem a ordem de chegada, a formação da fila para o embarque e que também tenham em mãos seu cartão Bilhete Único.

Qual objetivo da meia-tarifa?
Proporcionar a manutenção da evolução, modernização e maior acessibilidade da população ao serviço de transporte público coletivo de Goiânia e região metropolitana. As mudanças começaram com a implantação do Cartão de Crédito/Débito, Bilhete Único e do Passe Livre do Trabalhador.

Será o fim dos terminais?
Este modelo de atendimento traz uma mudança de cultura, de uso do terminal, semelhante ao que já existe implantado em várias cidades do país, a exemplo da cidade de São Paulo e sua região metropolitana.

E como fica o uso do Bilhete Único diante da meia-tarifa?
O Bilhete Único será utilizado para que o usuário pague a meia-tarifa local (faça suas viagens internas), assim como viabilizar, quando for o caso, o acesso ao segundo trecho e pagamento da segunda meia-tarifa. O passageiro ainda poderá usar o Bilhete Único como benefício para mais viagens gratuitas, por um período de até 2h30, contando a partir da sua primeira validação (sua origem).

Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia

prefeitura de goiânia