O prefeito Rogério Cruz reafirmou o compromisso de trabalhar para que Goiânia se transforme em uma cidade inteligente, ao receber o Selo Prata da plataforma Connected Smart Cities, que reconhece avanços de prefeituras na integração de ambientes tecnológicos e urbanos. A cerimônia ocorreu no Escritório de Prioridades Estratégicas (EPE), na manhã desta quinta-feira (13/10).

“Uma cidade inteligente se faz com o uso da tecnologia em todas as áreas. Trabalhamos para expandi-la na prefeitura e na forma como o cidadão interage com o município. Agora, vamos em busca do Selo Ouro. Sabemos que estamos distantes, mas vamos trabalhar juntos para alcançar esse objetivo”, afirma o prefeito Rogério Cruz.

A premiação foi entregue em evento realizado em São Paulo, entre 04 e 06 de outubro. O secretário do Escritório de Prioridades Estratégicas (EPE), Felipe Alves de Lima, representou a gestão do prefeito Rogério Cruz no evento, ao apresentar um painel sobre Sandbox Regulatório. Goiânia ficou em 25º no ranking que reúne 680 municípios com mais de 50 mil habitantes, elaborado com base em avanços de cada cidade na busca por soluções inovadoras.

A capital obteve o melhor resultado entre os municípios de Goiás e o terceiro melhor na Região Centro-Oeste, atrás apenas de Campo Grande e Brasília. No eixo Saúde, o salto foi da 61ª para 28ª colocação. Em Tecnologia e Inovação, Goiânia foi classificada como a 25ª cidade mais bem ranqueada do Brasil. No eixo da Educação, o resultado foi a 55ª colocação.

Na avaliação de Felipe Alves, o título foi alcançado graças a ações como Agora Inovação, que visa transformar Goiânia em uma cidade inteligente, mas também humana e igualitária. “Um dos programas mais importantes é o Sandbox Regulatório. Somos uma das primeiras capitais do país a implantar esse projeto. Nós vamos criar áreas de testes para tecnologia, soluções e inovações. Após esse período, vamos avaliar e expandir para o restante da cidade”, explica.

Investimentos
Rogério Cruz ressaltou os investimentos que o município realizado em tecnologia em diversas áreas da administração. É o caso da implantação do Laboratório Maker na rede de ensino, que já conta com seis unidades em Goiânia, a expansão da rede 5G e o uso da tecnologia na infraestrutura, como os testes que estão sendo realizados com semáforos inteligentes, dentre outros.

“Investimos em um grupo de ações que envolve várias secretarias para transformar Goiânia em uma cidade inteligente. São iniciativas que envolvem a educação, a saúde, a infraestrutura, enfim, todas as pastas. A população já nota esse avanço ao interagir com a administração e com a cidade”, disse o prefeito.

Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia

Cidade inteligente

Connected Smart Cities

Escritório de Prioridades Estratégicas

Investimentos

prefeitura de goiânia

Cidadão

Empresa

Servidor

Turista