Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Coronavírus

Tecnologia é aliada da Educação durante distanciamento social

São inúmeras opções que podem auxiliar pais e professores nesse período de aulas suspensas, proporcionando novas experiências

Publicado em: 03 de abril de 2020 às 10:00 | última atualização: 03 de abril de 2020 às 13:30

Um dos principais motes da atual gestão municipal é a Inovação, o que, claro, inclui a Educação. E, apesar da suspensão das aulas na capital em virtude da pandemia do Covid-19, a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) segue empenhada em buscar melhores soluções para os alunos durante esse período. Assim, diversas equipes envolvidas na aplicação de tecnologia em sala de aula trabalham constantemente na elaboração de conteúdos que levem informação e aprendizado. Afinal, por mais que os educandos usem a internet para o entretenimento, existem ferramentas que podem ser ótimas opções na hora de estudar e ensinar. Aqui, vão algumas dicas fornecidas por professores da SME para a criançada aprender e se divertir ao mesmo tempo.

Um exemplo de como ensino e tecnologia estão vinculados são as ferramentas do Google, plataforma que reúne diversas opções úteis tanto para estudantes, quanto para professores e profissionais da educação. Durante esse período de isolamento, a aplicação de diferentes recursos assume perfil pedagógicos, reafirmando a tecnologia como grande aliada. A professora da Escola de tempo Integral Alonso Dias Pinheiro, Elenice Rabelo, se considera apaixonada por novas metodologias. Para ela, o uso dos aplicativos é importante por fazer com que a aprendizagem das crianças avance, além de despertar o interesse e a curiosidade sobre como funcionam, indo além do entretenimento. “É preciso entender que a casa, principalmente nesse momento, se torna uma extensão da aprendizagem, seja com os aplicativos, leitura de livros, desenhos ou jogos de raciocínio”, pontua.

Além de experienciar várias delas em sala de aula, a pedagoga dá algumas sugestões para que alunos realizem em casa, de preferência com a participação da família, atividades que podem render momentos de aprendizagem e diversão, bem como boas lembranças desse momento. A mais nova ferramenta do Google que tem encantado a todos é um recurso de realidade aumentada (AR) que permite ver diversos animais em 3D. O melhor é que, para ativar, não é preciso baixar nenhum aplicativo, bastando escrever o nome do animal na pesquisa. Logo abaixo da imagem de descrição, o usuário encontra a opção "ver em 3D" da espécie. Interativa, a ferramenta permite dar zoom, ouvir os sons dos animais e, em alguns aparelhos, ainda é possível visualizar o bichinho no ambiente da própria casa. Assim, desde que foi disponibilizado, o recurso se transformou em grande diversão entre as crianças.  

O Google Maps, serviço de localização com mapas e orientação, também pode ser usado como ferramenta pedagógica durante o período de suspensão das aulas. A sugestão é que pais e responsáveis abram o aplicativo disponível para celular e peça para que a criança leia ou reconheça lugares do seu entorno social, nomes de ruas, estabelecimentos comerciais. Também, há opções de visualização das imagens por satélite ou relevo. Ainda no campo dos aplicativos, dá para lançar mão de ferramentas educacionais com o objetivo de melhorar a leitura e a escrita, formação de vocábulos e palavras conectadas.

Museus virtuais e realidade aumentada

Diante das restrições quanto à abertura de estabelecimentos variados para evitar aglomerações, atividades de visitação a museus e zoológicos seguem suspensas. Mas, sabia que é possível visitar museus virtuais? Trata-se de ótima experiência para que as crianças viajem pelas belezas artísticas, culturais, históricas dos museus do nosso Estado, Brasil e do mundo, sem sair de casa. E, como usar esse tipo de recurso de forma pedagógica? Os pais podem pedir para que os filhos falem sobre cada passeio, desenhem, descrevam os objetos observados, contem uma história ou elaborem redação que envolva o museu visitado.  

Outra opção fantástica de realidade aumentada é o Quiver, aplicativo disponível no sistema Android pela Play Store. São vários desenhos gratuitos para baixar que permite o donwload do arquivo relacionado a cada um. E é aí que a mágica acontece: o desenho da criança ganha vida! 

Educação faz da tecnologia uma grande aliada no processo de aprendizagem por estimular a criatividade e ser atrativa para o estudante. Ou seja, o aluno pode aprender e estudar em um ambiente virtual utilizando a internet para se comunicar, pode ser no computador, tablet ou smartphone. Por isso, a atual gestão preza pela Educação além do quadro e do giz, por meio de projetos com o Aula Digital e Robótica Educacional. Enquanto os educandos não retornam para a sala de aula, podem aplicar os conhecimentos tecnológicos em casa. Segue links dos aplicativos sugeridos pela pedagoga:

https://www.museudofutebol.org.br/

http://www.seduce.go.gov.br/museuvirtual/

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.PedroGarcia.FormarPalavra

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.wordgame.words.connect

https://docs.google.com/drawings/

https://www.cartoonnetwork.com.br/

Adriene Bastos, da editoria de Educação e Esporte

Fotos: Andréia Barra e Eulices Maria