Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Coronavírus

Sucesso da flexibilização depende do comportamento da população e empresas

Evitar sair de casa sem necessidade e manter cuidados básicos de higiene são atitudes fundamentais para conter a contaminação pelo coronavírus

Publicado em: 22 de junho de 2020 às 10:00 | última atualização: 22 de junho de 2020 às 15:34

Com a retomada gradual das atividades econômicas em Goiânia,  a Prefeitura pede à população para que colabore com as medidas de contenção do novo coronavírus, para que não haja necessidade de voltar atrás e fechar novamente o comércio ou mesmo instituir o lockdowm. De acordo com a administração municipal, o sucesso da flexibilização depende do comportamento e responsabilidade das pessoas e também das empresas. 

A principal forma de contágio do novo coronavírus, segundo as autoridades de saude, é o contato com uma pessoa infectada. Por isso, o coordenador da Central de Fiscalização Covid-19, Dagoberto Costa, explica que, mesmo com o comércio aberto, é importante que a população evite sair de casa sem necessidade. " Não podemos ir às ruas ao mesmo tempo, já que a curva do epidemiológica está em frança ascensão. Só devem sair aqueles que realmente têm necessidade, como os que precisam trabalhar. Já para aquelas pessoas que vão fazer compras, a recomendacao é para irem sozinhas, não precisa levar mais alguém da família pra fazer essa atividade", pontua, lembrando que o uso da máscara é obrigatório em qualquer estabelecimento comercial.

O coronavírus também se propaga quando a pessoa toca em uma superfície ou objeto contaminado e depois nos olhos, nariz ou boca. Dessa forma, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ressalta que manter os cuidados básicos de higiene é fundamental para conter a covid-19, sendo importantíssimo lavar as mãos constantemente com água e sabão e usar álcool em gel.

Além dos cuidados pessoais, a Prefeitura lembra das obrigações das empresas, estabelecidas em decreto municipal, para proteger funcionários e clientes da contaminação pelo coronavírus. Entre as normas estão garantir o distanciamento em filas para pagamento, garantir o uso de máscaras de clientes e funcionários, manter o distanciamento entre os colaboradores, disponibilizar álcool em gel, estabelecer limite de consumidores dentro das lojas, entre outras obrigações.

Valéria Almeida, da Diretoria de Jornalismo

Foto: Jackson Rodrigues