Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Coronavírus

SMS de Goiânia investe na proteção dos profissionais de saúde 

Kits de EPIs, protetores faciais e vidros protegendo recepcionistas estão entre as medidas adotadas para dar mais segurança aos profissionais que estão na linha frente no enfrentamento ao novo coronavírus

Publicado em: 27 de abril de 2020 às 13:22 | última atualização: 27 de abril de 2020 às 13:22

Desde o início da pandemia do novo coronavírus em Goiânia, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vem implementando medidas que possam dar mais segurança aos profissionais que prestam atendimento aos pacientes com suspeita de Covid-19. 

Para a secretária de Saúde de Goiânia, Fátima Mrué, esse é um desafio diário, já que os profissionais estão mais expostos ao contágio. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o profissional de saúde tem 10 vezes mais chances de contrair a Covid-19 do que outras categorias. “Para que nossos profissionais possam trabalhar com mais segurança já implementamos e estamos implementando várias medidas, entre elas estão os treinamentos para utilização correta dos EPIs. Estamos repassando as técnicas corretas de paramentação e desparamentação, fluxo correto de pacientes com síndrome respiratória dentro das unidades, fluxo e manuseio dos pacientes e muitas outras medidas”.

Medidas
- Kits de Equipamentos de Segurança Individual (EPIs): No início de cada plantão nas unidades de saúde do município todos os profissionais recebem um Kit de EPIs. A entrega é feita mediante a assinatura do profissional. Os kits são montados de acordo com a atividade do profissional. Alguns itens, como máscaras e luvas, são comuns a todos, outros, como capote, óculos e avental, depende da função do plantonista.

-  Protetores faciais: Mais de 10 mil protetores faciais de acrílico já foram distribuídos pra todos os servidores que possuem contato com pacientes.

- Vidro de proteção: Em todas as unidades de emergência estão sendo colocadas barreiras de vidro temperado 6mm nas recepções. Com a barreira, instalada sobre o balcão de atendimento, tanto a pessoa que está na recepção quanto os pacientes ficam mais protegidos do contágio do novo coronavírus.

- Testes pela tecnologia PCR: Os testes de PCR em trabalhadores da saúde com sintomas de Covid-19 são mais uma proteção que ganha reforço com a contratação de um laboratório terceirizado. Com resultado em até 24 horas, o trabalhador saberá com mais rapidez se poderá voltar ao trabalho ou se deve ficar de quarentena sem risco de contágio para os colegas.

- Testes rápidos doados pelo Ministério da Saúde: A SMS recebeu 1000 testes rápidos que serão também serão utilizados, seguindo as orientações do Ministério da Saúde, na testagem de profissionais de saúde. Parte dos 35 mil testes rápidos que a SMS está comprando também será destinada para testar profissionais de saúde.

- Paralelo aos EPIs e a testagem, os profissionais de saúde de Goiânia também estão recebendo apoio psicológico nas unidades.

-Realocação de servidores: Como medida de proteção, todas as servidoras gestantes estão sendo realocadas. Quem tem mais de 60 anos ou possui comorbidades está sendo afastado da linha de frente dos atendimentos de forma escalonada e após avaliação dos serviços de medicina do trabalho. 

Sirlene Mendonça - da editoria de Saúde