Por determinação do prefeito Rogerio Cruz, os secretários municipais que atuam nas áreas de cidadania e direitos humanos se reuniram nesta sexta-feira (19/3) em videoconferência para alinhar a atuação conjunta em projetos de interesse de mais de uma pasta na Prefeitura de Goiânia. O secretário Euler Morais, de Relações Institucionais, orientou os titulares das secretarias a trabalharem em parceria na elaboração de propostas a serem apresentadas aos ministérios em Brasília.

Com o intuito de preparar uma cartilha de propostas de captação de recursos que possa ser levada às mais diversas áreas governo federal pelo prefeito Rogério Cruz, o titular da SRI se reuniu com os secretários Tatiana Lemos (Políticas para as Mulheres), Carlos Júnior (Desenvolvimento e Economia Criativa), Filemon Pereira (Direitos Humanos e Políticas Afirmativas), Álvaro Camargo (Esportes), José Antônio Netto (Desenvolvimento Humano e Social) e o presidente da Agência Goiana de Turismo, Eventos e Lazer, Valdery Júnior, por videoconferência.

O secretário Euler Morais explicou que a função da pasta de Relações Institucionais é fazer o relacionamento com os ministérios, verificar os recursos disponíveis e articular com as demais secretarias municipais quais são os projetos que têm condições de pleitear verba, por meio de emendas parlamentares ou convênios. Fica a cargo da SRI a orientação técnica na elaboração das propostas, o acompanhamento do trabalho de execução do recurso e a prestação de contas das obras e ações realizadas pela gestão municipal.

Apoio técnico
Na videoconferência, os técnicos da Secretaria de Relações Institucionais auxiliaram os titulares das outras pastas a direcionarem os esforços da elaboração de projetos para captação de recursos nas ações disponíveis nos programas do governo federal voltados para as áreas de atuação das secretarias.

O diretor de Convênio e Contratos da SRI, Emanuel Araújo Muniz, apresentou uma cartilha elaborada aos membros da gestão do prefeito Rogério Cruz com as propostas disponíveis nos setores de cidadania e direitos humanos na União.

Entre os projetos que a Prefeitura de Goiânia negocia está a liberação de recursos do Ministério da Cidadania para a construção do velódromo, com previsão de R$ 3,5 milhões para a realização da obra.

Entre outras ações pleiteadas junto ao governo federal estão recursos da ordem de R$ 10 milhões para edificação de praças esportivas na capital goiana. Eles entraram na pauta como exemplos das iniciativas de projetos apresentados ao governo federal.

Facilitadora de projetos
O secretário executivo da SRI, Ariel Viveiros, destacou que a pasta atua como facilitadora dos projetos desenvolvidos por outras secretarias. “A equipe da Secretaria de Relações Institucionais está à disposição para auxiliar secretarias na elaboração e adaptação das propostas”, disse.

O titular da SRI, secretário Euler Morais, reforçou a ideia de que a gestão municipal oriente seus técnicos a trabalharem em conjunto na construção dos projetos que tenham áreas de interesse parecidas na hora de buscar recursos nos ministérios.

Já o chefe do Gabinete de Prospecção de Recursos e Gestão Integrada, Vanderlei de Carvalho Júnior, ressaltou a necessidade de se ter agilidade entre o momento da solicitação do recurso e a apresentação do projeto. “Não podemos perder prazos de incluir o projeto no sistema, o que pode representar uma oportunidade perdida de captar recurso”, observa Vanderlei Júnior.

As reuniões com outras secretarias, por áreas temáticas da prefeitura, serão realizadas semanalmente para fortalecer a atuação conjunta das pastas da gestão Rogério Cruz. “O mais importante é o contato inicial com os ministérios para elencar ações que Goiânia têm condições de realizar com os recursos disponíveis em Brasília”, pontua Euler.

Augusto Diniz, da editoria de Relações Institucionais

prefeitura de goiânia