Gerência de Equidade em Saúde

Competências

I – propor, supervisionar, monitorar e avaliar a política de atenção à saúde da mulher no Município de Goiânia, visando à melhoria dos indicadores de morbimortalidade;
II – articular, junto aos demais departamentos, o desenvolvimento das ações e projetos necessários para garantir atendimento de qualidade para mulheres, crianças e adolescentes, em parceria com outros setores da Secretaria e outras instituições;
III – planejar,coordenar,normatizar, monitorar e avaliar ações e programas desenvolvidas pelos profissionais de saúde relacionadas com a saúde da mulher, da criança e do adolescente, a serem desenvolvidas no município de Goiânia, visando à melhoria dos indicadores de morbimortalidade nesses ciclos de vida;
IV – articular com a Escola Municipal de Saúde Pública processos de educação permanente para os profissionais de saúde relacionados com a saúde da mulher,da criança e do adolescente;
V – promover campanhas educativas para melhorar o conhecimento da população sobre a saúde da mulher,da criança e do adolescente;
VI – propor, aplicar, monitorar, analisar e divulgar os indicadores da saúde da mulher, da , criança e do adolescente, para avaliação em consonância com o Ministério da Saúde;
VII – propor e promover, na rede de atenção à saúde da mulher, das crianças e dos adolescentes, adoção de hábitos de vida saudáveis com ênfase na participação da família;
VIII – participar das atividades de controle e redução das doenças imunopreveníveis com base nos indicadores de saúde, em conjunto com a Diretoria de Vigilância em Saúde;
IX – promover mecanismos de consolidação dos programas e sistemas de informação relacionados à área técnica de saúde da mulher,da criança e do adolescente, ampliando a sua abrangência em termos técnicos e geográficos, para fins de mapeamento dos indicadores de saúde e nutrição;
X – elaborar, adquirir e distribuir materiais educativos e didáticos para ações de promoção e educação em saúde;
XI – participar de pesquisas que visem a identificar e controlar os agravos relacionados à saúde da mulher, da criança e do adolescente;
XII – colaborar com a emissão de parecer técnico nos processos e projetos de pesquisa ligados à área técnica de saúde da mulher, da criança e do adolescente;
XIII – estabelecer, juntamente com as equipes interdisciplinares das diversas áreas da Secretaria, diretrizes para execução de metas programadas e dos mecanismos para o alcance de um planejamento integrado;
XIV – planejar, elaborar, acompanhar, fiscalizar e avaliar a execução de contratos e convênios firmados pela Secretaria, referentes à área técnica;
XV – participar da definição de estratégias de desenvolvimento de recursos humanos e do processo de seleção, lotação e remoção de pessoal relacionado à área técnica de saúde da criança e do adolescente, em conjunto com os Departamentos da Diretoria de Atenção a Saúde e da Diretoria de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde;
XVI – consolidar, analisar e divulgar os relatórios da Coordenação de Clico de Vida;
XVII – exercer outras atividades compatíveis com as suas funções ou que lhe forem atribuídas pelo Chefe da Divisão de Ciclos de Vida.