O prefeito Rogério Cruz incrementou o Programa Goiânia Adiante com a inclusão de mais oito obras para a prevenção de enchentes e alagamentos na capital. Ele se reuniu, na manhã desta quinta-feira (29/12), com o secretário de Infraestrutura Urbana (Seinfra), Denes Pereira, e anunciou mais R$ 67.810.592,97 para drenagem e pavimentação.

As localidades beneficiadas são: Avenida Padre Monte, no Bairro Goiá; Avenida C, no Recreio Panorama; Ruas 56 e 51 no Parque Flamboyant, Jardim Goiás; Rua Diamantina, na Vila Pompéia; Rua Cruz Alta, na Vila Maria Luíza; Avenida Nicolau Copérnico, Vila Legionárias; Rua Pintassilgo, Parque das Laranjeiras; ruas do Conjunto Vera Cruz; grupo de ruas do Bairro Feliz; e na Alameda dos Buritis, no Centro.

A ação faz parte do plano de prevenção a enchentes e alagamentos. O aviso de licitação será publicado no Diário Oficial do Município. “É urgente resolver o problema da drenagem urbana para evitar transtornos à população, como acidentes e até mortes causadas por alagamentos e enchentes”, diz o prefeito Rogério Cruz.

O Goiânia Adiante, lançado em 18 de outubro, destina R$ 1,7 bilhão a projetos nas áreas de infraestrutura, educação e saúde.

Somente para Infraestrutura, o prefeito anunciou R$ 1,4 bilhão para investimentos em obras de drenagem, pavimentação, conservação de monumentos e praças, recapeamento asfáltico, troca da iluminação e construção de cinco complexos viários.

Destes, já estão com aviso de licitação em andamento as obras de pavimentação e drenagem do Bairro Residencial Solar Ville e da Chácara de Recreio São Joaquim, além do complexo viário na interseção da Avenida Castelo Branco com a Avenida Leste-Oeste.

Prevenção
Além das obras anunciadas, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra), faz um trabalho rotineiro e preventivo de limpeza de bocas de lobo, poços de visita, ramais e bueiros para evitar que, no período chuvoso, haja alagamentos.

“É muito importante, neste sentido, a colaboração da população no descarte correto do lixo doméstico para que, com as chuvas, não migre para o sistema de drenagem da cidade”, afirma Denes Pereira, titular da Seinfra.

Obras:
1-Pavimentação e galerias de águas pluviais no Residencial Solar Ville – R$ 12.779.593,04
2-Pavimentação e galerias de águas pluviais no Bairro Chácaras de Recreio São Joaquim – 34.541.221,03
3-Execução de terraplanagem, pavimentação, drenagem, obras complementares, sinalização e obra de arte especial na interseção da Avenida Leste-Oeste com a Avenida Castelo Branco, no Bairro São Francisco – R$ 15.129.397,75
4-Execução de galerias de águas pluviais no Setor Bairro Goiá sobre Córrego Taquaral: R$ 2.549.969,60 e execução de galerias de águas pluviais no setor Recreio Panorama sobre córrego Caveirinha -R$ 1.121.360,73. Total de R$ 3.671.330,33
5-Execução de galerias de águas pluviais para drenagem de pontos de alagamento nas proximidades da Assembleia Legislativa nos bairros Setor Oeste, Setor Central e Setor Aeroporto – R$ 18.126.363,44
6-Execução de galerias de águas pluviais para drenagem de pontos de alagamento no Bairro Feliz -R$ 11.595.018,74
7-Execução de galerias de águas pluviais localizadas na Rua Diamantina e adjacências, na Vila Pompéia – R$ 1.346.358,10
8-Execução de galerias de águas pluviais localizadas na Rua Cruz Alta e adjacências, na Vila Maria Luíza – R$ 3.134.131,68
9-Execução de galerias de águas pluviais localizadas na Avenida Nicolau Copérnico e adjacências, na Vila Legionárias – R$ 953.398,97
10-Execução de galerias de águas pluviais localizadas na Rua Pintassilgo e adjacências, no Parque das Laranjeiras -R$ 2.769.002,19

Foto: Secom

Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana – Prefeitura de Goiânia