O prefeito Rogério Cruz enviou à Câmara Municipal de Goiânia, na quarta-feira (15/06), projeto que institui política de incentivo com auxílio financeiro a atletas e paratletas da capital praticantes de desportos e paradesportos de rendimento. O programa deve alcançar cerca de 300 atletas, com investimento da ordem de R$ 800 mil, em 2022. A previsão é de mais R$ 1 milhão para o ano de 2023, e R$ 1,2 milhão, em 2024.

“O esporte de alto rendimento precisa de apoio, e nossa capital é celeiro de talentos. Com a criação da Secretaria Municipal de Esportes, pudemos elaborar e tocar projetos como o Goiânia Esporte, que melhora a saúde da população, afasta os jovens da criminalidade e estimula o processo educacional com mais disciplina”, afirma o prefeito.

Segundo a proposta, o programa denominado Goiânia Esportes atenderá, prioritariamente, modalidades esportivas olímpicas e paraolímpicas reconhecidas pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Comitê Paraolímpico Brasileiro, Comitê Olímpico Internacional (COI) e Comitê Paraolímpico Internacional.

Rogério Cruz detalha que o auxílio financeiro vai impulsionar a participação dos goianienses em competições oficiais em âmbito estadual, nacional, e panamericanas, parapanamericanas, olímpicas e paraolímpicas. “É o maior programa de nossa história, seremos a capital dos esportes”, afirma.

O órgão municipal de esportes analisará e deliberará sobre a concessão de auxílio financeiro para atletas de modalidades não olímpicas e não paraolímpicas. Os beneficiados deverão apresentar à prefeitura notas fiscais, relatórios com fotos, súmulas, calendários e cronograma da competição.

Entre os requisitos para pleitear o auxílio financeiro os atletas deverão residir no município há, no mínimo, dois anos, estar em plena atividade esportiva, e regularmente matriculado em instituição de ensino público ou privado, nos casos de atletas ou paratletas com idade inferior a 18 anos.

Segundo o secretário municipal de Esportes, Álvaro Alexandre, os atletas poderão requerer auxílio financeiro em duas competitivas anuais, com recursos que vão de R$ 2 mil (categoria estadual) a R$ 5 mil (categoria internacional).

Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia

prefeitura de goiânia