Na solenidade em que a Prefeitura de Goiânia entregou cartões para 1,2 mil famílias contempladas pela 4ª etapa do programa Renda Família + Mulher, na manhã desta quarta-feira (13/07), o prefeito Rogério Cruz afirmou que o desafio da administração municipal agora é ajudar as mulheres a construir sua própria autonomia financeira. O caminho, de acordo com o prefeito, são os cursos profissionalizantes gratuitos. “É importante que todas façam cursos profissionalizantes e absorvam conhecimento técnico, para que consigam emprego e vivam com seus filhos”, explica Cruz.

O evento aconteceu na Região Oeste de Goiânia. Essa já é a última etapa do Renda Família, o primeiro programa de transferência de renda da história da Capital, e que contemplou 23 mil famílias. Foi concebido para auxiliar principalmente as mães de família que enfrentavam dificuldades econômicas em função da pandemia. “Esse projeto deu dignidade a milhares de goianienses”, diz.

Cada mulher contemplada recebeu (ou recebe) R$ 1,8 mil, divididos em seis parcelas mensais de R$ 300. O valor se destina à aquisição de comida e de itens de higiene pessoal. A última etapa beneficiará cerca de 10 mil mulheres. “O dinheiro geralmente é usado na região em que a beneficiária mora. No açougue, no mercado, na padaria. Isso movimenta a economia do bairro. Todos ganham”, completa o prefeito.

Cursos profissionalizantes
Durante a solenidade, Rogério Cruz disse que a administração municipal “não só dá o peixe, como ensina a pescar” com os cursos profissionalizantes – que já são realidade em Goiânia. Até junho deste ano, mais de 3 mil mulheres já haviam se capacitado e estavam prontas para exercer uma nova profissão.

“Muitas saem de lá com o emprego garantido. Nós estamos dando condições dessas mulheres terem uma independência financeira, fazerem um curso, terem um conhecimento técnico, prático para que elas possam sair com emprego e viver com seus filhos. Nós estamos dando o peixe e também ensinando a pescar”, diz o prefeito.

Para se inscrever nos cursos, é preciso acessar o site da prefeitura de Goiânia ou usar o aplicativo Prefeitura 24h, e preencher um formulário com dados pessoais. É preciso ter pelo menos 18 anos, encaixar-se em critérios estabelecidos e residir no município.

A secretária Municipal de Políticas para Mulheres (SMPM), Tatiana Lemos, explica que são centenas de cursos oferecidos pela pasta. “Estamos promovendo para as mulheres, tantos as que foram beneficiadas (pelo programa Renda Família + Mulher) como as que não foram, uma ajuda para qualificação profissional. A prefeitura oferece centenas de cursos para que essas mulheres voltem ao mercado de trabalho com qualidade, com independência econômica e, a partir daí, se sustentarem”, diz.

Apoio da prefeitura

Escilda dos Santos, de 36 anos, compareceu ao evento para receber cartão do Renda Família + Mulher e saiu determinada a se inscrever em um curso profissionalizante da prefeitura. “Muitas pessoas, assim como eu, sempre sonharam em fazer um curso de cabelereiro, mas não tem condições. Então, se a prefeitura oferece um curso gratuito, eu vou lutar por uma vaga. E vou conseguir” | Foto: Jackson Rodrigues


Escilda dos Santos, de 36 anos, está grávida de dois filhos e vive com mais três crianças do marido, frutos de outro casamento. Ela esteve no evento para receber o cartão do Renda Família + Mulher, mas saiu com planos para se inscrever nos cursos profissionalizantes do município. “Muita gente está clamando que não tem emprego, mas emprego tem bastante, o que não tem é qualificação. Muitas pessoas, assim como eu, sempre sonharam em fazer um curso de cabelereiro, mas não tem condições. Então, se a prefeitura oferece um curso gratuito, eu vou lutar por uma vaga. E vou conseguir”, diz.

Weslena de Jesus, de 25 anos, disse que o programa do Renda Família + Mulher tem sido fundamental para aquisição de alimentos para a casa. O objetivo agora é conseguir um trabalho para melhorar a qualidade de vida. “Eu quero me tornar uma costureira, ou fazer m curso de portaria. É uma qualificação para ficar para a vida”, afirma.

Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia

Assistência

Auxílio

Políticas para mulheres

prefeitura de goiânia

Região Oeste

Renda Família + Mulher

Cidadão

Empresa

Servidor

Turista