O prefeito Rogério Cruz anunciou, nesta quarta-feira (14/09), a regularização fundiária de aproximadamente mil imóveis localizados na Vila Finsocial, Região Noroeste da capital. Cruz encontrou-se com algumas das famílias que serão beneficiadas no Colégio Estadual Sebastião Alves de Souza, na manhã desta quarta. Elas serão cadastradas pelo Instituto de Defesa do Planejamento de Desenvolvimento Urbano Sustentável (Ideplan) e a expectativa é a de que recebam as escrituras definitivas em até 90 dias.

A Vila Finsocial foi criada em 1985. Ao longo de anos, os imóveis do bairro estiveram submetidos a bloqueios na Justiça. Após estudo realizado pela Secretaria Extraordinária de Regularização Fundiária, a administração municipal conseguiu autorização judicial e cartorária para regularizar os imóveis do bairro. “Essa é uma ação histórica, que atende à demanda de famílias que esperam pelas escrituras de seus imóveis há décadas”, afirmou o prefeito Rogério Cruz. “Com mais essas escrituras da Vila Finsocial, vamos chegar à marca de 4,5 mil casas regularizadas em 11 meses na capital”, diz.

O prefeito acrescenta que ainda existem aproximadamente 40 mil imóveis para serem regularizados em Goiânia. “Estamos trabalhando para entregarmos a grande maioria ainda nesta gestão, e o nosso objetivo é que todas essas famílias passem a dormir tranquilas e em posse dos documentos de suas residências. Quando a administração pública regulariza a casa de uma família, ela passa a ter a identidade daquela casa e, com isso, todos sabem que ninguém mais vai poder tirar o que dela de fato”, afirmou.

O titular da Secretaria Extraordinária de Regularização Fundiária, Carlin Café, reafirmou que os documentos serão efetivados e entregues em 90 dias, e explicou às famílias os trâmites processuais. “O primeiro passo realizado pela gestão foi retirar a hipoteca e a penhora nas matrículas das famílias que esperavam muitos anos e, agora, nós iremos cadastrar casa por casa, analisar todos os processos, atualizá-los e encaminhar para cartório criar a matrícula individual, registrar e regularizar definitivamente”.

O trabalho de regularização de imóveis continua na cidade, com a expectativa, segundo o secretário Carlin Café, de entregar pelo menos 80% dos 40 mil imóveis que precisam ser regularizados na capital. “Um compromisso e também determinação do prefeito Rogério Cruz, que avança com esse trabalho em todas as regiões da cidade, e já beneficiou milhares de famílias goianienses com a escritura de suas casas”, afirmou.

Participaram do anúncio o diretor técnico do Instituto de Defesa do Planejamento de Desenvolvimento Urbano Sustentável (Ideplan), Ricardo Pinto, o diretor do Colégio Estadual Sebastião Alves de Souza, Gilson da Silva Gomes, e os vereadores Bruno Diniz e Pastor Wilson.

Fotos: Jackson Rodrigues


Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia