O prefeito Rogério Cruz abriu, na manhã desta quinta-feira (18/08), a assembleia geral da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais (Abrasf), que acontece em Goiânia entre os dias 17 e 19 de agosto. Cruz apontou desafios, que são comuns a praticamente todas as capitais, e defendeu o compartilhamento de informações para melhorar a gestão de contas públicas no âmbito municipal.

“Goiânia reconhece a importância de se debater e aprofundar discussões de interesse coletivo, como a modernização dos processos de governança, a boa gestão dos recursos e, sobretudo, da aplicação orçamentária com eficiência, que traga resultados positivos para os cidadãos”, disse o prefeito.

Cruz afirmou que a Secretaria de Finanças de Goiânia vive processo de reestruturação para atender, da melhor maneira, demandas de uma cidade que passou por transformações nos últimos anos. “Entre as conquistas que alcançamos, ressalto a atual reserva de caixa do município. Goiânia teve, em 2018, saldo deficitário de R$ 100 milhões. Em 2020, chegamos a um superávit de R$ 500 milhões”.

Ainda de acordo com o prefeito, os alicerces da gestão são segurança financeira e estabilidade econômica. “Foi isso o que possibilitou fazer investimentos significativos, como as diversas obras que concluímos e os programas sociais que atendem famílias em vulnerabilidade social.

Temas
O encontro acontece no K Hotel. Os secretários de Finanças do Brasil inteiro discutirão, até 19 agosto, temas como: financiamento do Transporte Público, Nota Fiscal de Serviço eletrônica (NFS-e), Novo Código do Contribuinte, Reforma Tributária.

“Existe, no âmbito da Abrasf, sentimento de compartilhamento de informações, e de cooperação. O evento tem uma importância simbólica: o de coroar o processo de reestruturação que estamos fazendo na Secretaria de Finanças. A associação se esforça em divulgar experiências que deram certo nas capitais, e que eles têm total interesse de levar para outras cidades”.

Além de secretários de finanças, técnicos e assessores, o encontro receberá representantes da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), da Receita Federal do Brasil (RFB), dentre outros convidados.

“Estamos aqui para uniformizar o conhecimento, entre as capitais, e promover uma construção coletiva de soluções. Nós vamos nos debruçar em temas importantes. São dias de integração, aproximação, independente de matriz partidário, é a cooperação que nos faz chegar aos resultados”, diz Jeferson Passos, presidente da Abrasf.

Além de secretários de finanças, técnicos e assessores, o encontro receberá representantes da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), da Receita Federal do Brasil (RFB), dentre outros convidados.

Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia