A Prefeitura de Goiânia, por meio da Agência Municipal de Turismo Eventos e Lazer (Agetul), recebe visitantes, de quarta-feira a domingo, no Recinto de Imersão do Parque Zoológico. A programação, que acontece das 10h às 11h, e das 15h às 16h, permite ao público ficar próximo aos animais, podendo ter um contato único, por exemplo, com araras-canindé, araras híbridas, tucanos e cisnes negros.

A experiência, guiada por educadores ambientais da Agetul, tem o objetivo de conscientizar os visitantes sobre o papel do Zoológico na preservação das espécies. Durante o cronograma, servidores acompanham os grupos, pelo espaço de 377,9 metros quadrados, apresentando as especificidades dos animais e seu habitat no parque.

O presidente da Agetul, Valdery Júnior, ressalta que o Zoológico tem papel fundamental na sociedade, por receber e proteger animais silvestres apreendidos em cativeiro ou que são vítimas de tráfico. Também acolhe espécies que sofrem atropelamento, maus tratos, vítimas de queimadas, animais órfãos que não sobreviveriam na natureza, e todos os feridos em geral. “Sendo assim, o parque é de extrema importância na vida de cada espécie que sofre com erro humano”, afirma.

Valdery destaca, também, a importância dos educadores ambientais que estão à frente do Recinto de Imersão. “Além do contato mais próximo com os animais, os visitantes têm a possibilidade de fazer perguntas para nossos educadores ambientais, e conhecerem o quanto é importante os cuidados com as espécies, a fim de garantir e contribuir com a preservação do meio ambiente e sua sustentabilidade”, pontua o titular da Agetul.

O público em geral pode ter acesso ao Recinto de Imersão, sem agendamento, em grupos de até dez pessoas. É proibido a entrada de alimentos, além de ser aconselhado a entrada com poucos acessórios, para segurança dos animais, bem como visitantes. No caso de escolas, instituições assistenciais, religiosas, filantrópicas e sociais, estas precisam fazer agendamento de forma antecipada.

Preservação
O Parque Zoológico tem atuado como espaço importante na preservação de espécies que tem recebido, e planejado estratégias de cuidado com os animais, nos diversos contextos. O local vem acolhendo animais silvestres apreendidos em cativeiro, ou que são vítimas de tráfico, os que sofrem atropelamento, maus tratos, queimadas nas florestas e cerrado e animais órfãos.

O funcionamento do local acontece de quarta-feira a domingo, das 8h30 às 17h. A compra de ingresso pode ser realizada até às 16h.


Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul) – Prefeitura de Goiânia