O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, participou, na manhã desta terça-feira (29/11), do plantio de 50 mil mudas de árvores nativas em apenas 30 minutos, durante a edição do ArborizaGyn 2.0, no Setor Grajaú. De acordo com o prefeito, a ação visa melhorar a qualidade de vida da população e, no futuro, transformar a capital na cidade mais arborizada do mundo.

“Nós hoje somos a primeira capital do Brasil e a segunda do mundo em área verde. O nosso objetivo em programas como esse é um dia chegar a ser a primeira do mundo. É um investimento em qualidade de vida, inclusive para as próximas gerações”, afirmou Rogério Cruz, ao destacar que o projeto desenvolvido pela Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) projeta construir um parque no local.

O presidente da Amma, Luan Alves, explica que o programa vai recuperar áreas degradadas ao longo do tempo com árvores nativas do Cerrado, e contribuir para que Goiânia se torne a capital mais arborizada do mundo. “A participação popular é muito importante, e a adesão dos moradores é grande. Apenas o Disque-Árvore, no ano passado, entregou 6 mil mudas. Nós acreditamos que neste ano serão mais de 10 mil mudas entregues na casa do cidadão”, disse. Para solicitar um exemplar, basta o morador enviar uma mensagem para o número de Whatsapp (62) 99639-7495.

A Subsecretária de Desenvolvimento Sustentável, Proteção Ambiental e Unidades de Conservação, Glaucilene Duarte Carvalho, afirma que ações como o Arboriza Gyn 2.0 “têm impacto profundo na cidade, inclusive em relação à saúde física e mental da população, bem como na estabilidade climática do município”. “É uma iniciativa que agrega na estratégia para que consigamos avançar na temática das mudanças climáticas. O bioma Cerrado é a caixa d’água do Brasil, é o berço das águas. Esse movimento de recuperação de áreas degradadas vem muito ao encontro de manter as nossas nascentes vivas e, com isso, produzindo água”, ressaltou.

Em ações paralelas, foram plantadas mudas no Parque Cascavel, Reserva Ambiental Três Marias, Parque Macambira Anicuns, Bosque dos Anjos, Residencial Vale do Araguaia, Residencial Eldorado Oeste e na APP Vargem Bonita. Nos dois anos de gestão de Rogério Cruz, foram mais de 125 mil mudas de árvores plantadas, sendo que 61 mil dentro do programa ArborizaGyn 1.0, em novembro de 2021.

O objetivo das ações de políticas públicas ambientais da Amma, conforme ressalta o órgão, é que a capital receba, até o final da gestão de Rogério Cruz, 1 milhão de mudas de árvores.

Pequizeiros
A muda plantada pelo prefeito Rogério Cruz é uma das 200 mudas de pequizeiro produzidas pela Amma para o ArborizaGyn 2.0. É a primeira vez que a administração municipal trabalha com a espécie, conhecida pela dificuldade técnica de produção. Ao todo, foram produzidas mil mudas de pequi neste ano.

De acordo com o Plano Diretor de Arborização Urbana de Goiânia (PDAU), de 2007, a amostragem apontou a existência de apenas sete árvores da espécie à época. Em 2016, a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e sancionou a lei que determina o cultivo da espécie de pequi nativa do Cerrado.

Participaram da ação os secretários Valfran Ribeiro (Seplanh), Denes Pereira (Semad e Seinfra), Michel Magul (Segov), Alisson Borges (Comurg), Cida Garcez (Smdhpa), o chefe de gabinete do prefeito, José Firmino, os vereadores Clécio Alves e Leandro Sena, e o diretor de Expansão da Saneago, Fernando Cozzetti.

Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia