Ouça a notícia aqui

A Fiscalização do Procon Goiânia autuou, nesta quinta-feira (29/7), uma farmácia localizada no setor Cândida de Morais pela venda de remédios e produtos vencidos. Após receber uma denúncia de um consumidor que teria comprado medicamentos fora do prazo de validade no estabelecimento, a equipe foi ao local averiguar a irregularidade e encontrou em torno de 97 caixas de remédios, 34 caixas de creme dental da linha infantil e 7 frascos de shampoo vencidos.

Entre os medicamentos vencidos, estavam abióticos para tratamento de problemas intestinais e no estômago, remédios para pressão alta, colesterol, contraceptivos orais e relaxantes musculares. De acordo com a fiscalização, a maioria dos remédios estavam com o prazo de validade expirado desde de outubro de 2020. Alguns venceram em janeiro, fevereiro, abril e junho deste ano. Os produtos estavam expostos para venda ao consumidor.

Os remédios e os produtos vencidos foram apreendidos pela fiscalização do Procon Goiânia e encaminhados para o descarte correto. O estabelecimento tem o prazo de 10 dias úteis para apresentar defesa junto ao Procon e a multa poderá ser de R$ 700 a 10 milhões, dependendo da gravidade, incidência e porte econômico.

O Procon Goiânia reforça que se o consumidor encontrar produtos vencidos nos estabelecimentos, poderá denunciar pelo telefone (62) 3524-2349 ou por meio do aplicativo Prefeitura 24 horas. O órgão tem uma equipe preparada para receber as denúncias.

Anderson Marcelo, da editoria de Defesa ao Consumidor

Fiscalização

prefeitura de goiânia

procon Goiânia