Ciência e Tecnologia

Processo para indicar condutor infrator passa a ser eletrônico

Prefeitura de Goiânia promove mudança que dará celeridade para a transferência de pontos na carteira de motorista

Publicado em: 16 de março de 2021 às 20:00 | última atualização: 16 de março de 2021 às 20:00

Tamanho da fonte:
-A A A+

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria de Mobilidade, do Escritório de Prioridades Estratégicas e da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação lançará a partir da próxima quarta-feira (17/3) um processo totalmente online para os motoristas goianos que precisam transferir a pontuação de sua carteira de habilitação para o real condutor infrator.

Como nem sempre o dono de um veículo é o condutor no momento, o proprietário não é o responsável pela multa e precisa transferir os pontos para o responsável pela infração. O novo processo serve justamente para facilitar esse trâmite.

De acordo com Pedro Chaves, titular da pasta de Mobilidade, além de dar mais confiabilidade ao processo, indicar o real condutor infrator sem sair de casa é cômodo, econômico e sustentável. A SMM recebe em média 65 mil processos dessa natureza por ano. O que dá em média 390 mil páginas de papel que serão arquivadas. “Ao adotar essa tecnologia além de mais agilidade, o cidadão também exerce a sua responsabilidade social com o meio ambiente.

O secretário do Escritório de Prioridades Estratégicas, José Frederico Lyra Netto, destaca ainda que o objetivo é desburocratizar, modernizar e dar celeridade a tais processos. "Antes, tudo isso precisava ser feito com papel em um processo bem burocrático. Agora, o cidadão poderá cuidar de tudo da própria casa, por meio eletrônico e de forma mais simples", compara. Caso o cidadão não tenha acesso a Internet, também é possível ir até uma agência Atende Fácil.

José Frederico explica ainda que o papel do Escritório é redesenhar processos para desburocratizar e modernizar os serviços que chegam ao cidadão. "Mapeamos o processo, verificamos como ocorria e a nossa equipe aplicou melhorias para implementar o processo automatizado", aponta. A Sictec por sua vez, implantou este redesenho na ferramenta eletrônica. A Secretaria de Mobilidade fica por fim responsável pela execução em si.

O secretário da Sictec, Célio Campos de Freitas Júnior, frisa o trabalho conjunto entre as pastas com objetivo de automatizar todos os processos da Prefeitura de Goiânia. “Nossa proposta é promover uma transformação digital da administração municipal”, declara. Célio informa ainda que outros serviços digitais já estão em desenvolvimento pela equipe da Sictec para serem disponibilizados à população goianiense.

Bárbara Romualdo da editoria de Mobilidade, Jéssica Torres da editoria de Prioridades Estratégicas e Denise Ribeiro da editoria de Inovação, Ciência e Tecnologia