A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec), em parceria com o Governo de Goiás, realizou a primeira colheita da horta comunitária cultivada por detentos no Presídio Odenir Guimarães. A produção atingiu a marca de 50 caixas de hortaliças nesse primeiro momento, apesar do excesso de chuva nos últimos meses, o que atrapalhou o desenvolvimento de algumas plantas.

Os canteiros foram montados em uma área de um hectare dentro do presídio. São cultivados alface, jiló, rúcula, espinafre e rabanete, de forma orgânica, sem uso de agrotóxicos. Parte da produção complementará a alimentação dos detentos, e o restante será destinado ao banco de alimentos da Prefeitura de Goiânia.

O Programa Horta Comunitária na Penitenciária Odenir Guimarães, em Aparecida de Goiânia, foi implantado em dezembro de 2022, por meio de parceria entre a Prefeitura de Goiânia e o Governo de Goiás. A medida objetiva contribuir para a reabilitação de detentos. A atividade também serve como terapia ocupacional dos presos, que podem aprender uma profissão. Dez detentos recebem qualificação profissional para o trabalho na agricultura. A horta é abastecida com mudas doadas pela Secretaria de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec).

“Essa é uma boa experiência para quem pretende abraçar essa oportunidade de mudança. O projeto vem dando muito certo, principalmente porque os detentos estão muito envolvidos com esta tarefa. A intenção é ampliar o tamanho dessa horta para aumentar nossa produção e ajudar mais famílias “, destaca o secretário de Desenvolvimento e Economia Criativa, Silvio Sousa.

Fotos: Sedec

Secretaria de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec) – Prefeitura de Goiânia