A Prefeitura de Goiânia preserva o espaço e a memória da Praça Universitária, construída há 53 anos. Além da arte e aspectos naturais, o espaço abriga o Palácio da Cultura e a Biblioteca Marietta Telles Machado, cujas manutenções foram entregues em outubro do ano passado. O prefeito Rogério Cruz destaca a importância de se manter o símbolo histórico do município. “Trabalhamos para revigorar esses espaços de convivência cultural tão importantes para a cidade”, pontua.

“Goiânia se destaca como a cidade das praças e parques como áreas de conivência de qualidade”, afirma o prefeito. “A Praça Honestino Monteiro Guimarães, mais conhecida como Praça Universitária, se consolida como um museu a céu aberto”, ressalta.

Planejada em 1930 pelo arquiteto Atílio Corrêa Lima, e construída em 1969, o espaço aglutina faculdades ao seu redor e, há décadas, é palco de grandes manifestações, congressos e shows, além de abrigar feiras livres e comércios.

A praça é Patrimônio Histórico e Cultural de Goiás. Abriga 26 esculturas produzidas em diversas técnicas, como bronze, argila e concreto, além de intervenções urbanas, a exemplo de grafites.

As peças dispostas na Praça Universitária possuem formatos diferentes para representar animais, mulheres, seres mitológicos, objetos futurísticos e feições geométricas.

A arquitetura local soma-se ao paisagismo existente composto por árvores e canteiros ornamentais floridos cultivados pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), que também é responsável pela conservação, iluminação, paisagismo, calçadas e limpeza do espaço.

O local também é apreciado por moradores da região que utilizam as pistas de caminhada e áreas verdes para a prática de esportes. As lanchonetes, por sua vez, são frequentadas diariamente e, aos domingos, em virtude da feira livre.

Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) – Prefeitura de Goiânia

Comurg

Praça Universitária

Praças de Goiânia

prefeitura de goiânia