A Prefeitura de Goiânia intensifica, nesta semana, trabalho de poda e substituição de mais de 300 jamelões plantados nas ruas e avenidas da cidade. Ação ocorre antes do período chuvoso, com objetivo de garantir segurança de motociclistas e motoristas, já que frutos da árvore, quando caem no asfalto, tornam pista escorregadia e provocam acidentes.

O serviço é executado pela Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) e Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg). A substituição de jamelões por outras espécies tem sido feita pela prefeitura de forma gradativa. Somente neste ano, 303 árvores foram trocadas por ipês, escumilhas-africanas, patas-de-vaca e cega-machado. Conforme orientação da Amma, a extirpação de jamelões deve ocorrer de forma controlada, apenas quando as novas mudas atinjam a fase adulta, com o objetivo de reduzir o impacto ambiental. Antes disso, as equipes da Comurg fazem a poda para a retirada do volume da copa das árvores, e assim reduzir a incidência de queda dos frutos. 

“Todas as árvores plantadas atualmente são recomendadas pela Amma, por serem apropriadas para as vias públicas”, pontua o presidente da agência, Luan Alves.

O superintendente de Gestão Ambiental e Licenciamento da Amma, Ormando Pires, explica que o trabalho é feito de maneira que não cause danos ao meio ambiente. “As árvores novas são plantadas no canteiro central, e quando atingem a idade adulta, a Amma autoriza a extirpação dos jamelões”, ressalta.

Segundo o superintendente, a Amma já autorizou a extirpação de 54 jamelões na Avenida Fued José Sebba, e a Comurg planeja a retirada para o mês de agosto.

Fotos: Paulo José

Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) – Prefeitura de Goiânia