A Prefeitura de Goiânia entregou, nesta sexta-feira (02/09), certificados para 22 concluintes dos cursos gratuitos profissionalizantes de embelezamento das mãos e dos pés e modelagem e henna para sobrancelhas. A formação é resultado de parceria da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM) com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Estado de Goiás (Senac Goiás), com objetivo de inclusão social e a geração de renda às mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por meio da capacitação profissional.

As aulas foram ministradas por professores do Senac Goiás. Durante a capacitação, as alunas aprenderam procedimentos de higienização, remoção de esmaltes, modelagem de sobrancelhas, cutilagem, hidratação, esmaltação e decoração de unhas. Com a conclusão, elas poderão trabalhar em salões de beleza, clínicas de estéticas ou abrir o próprio negócio.

A aluna Juliana Lucia Campos, de 25 anos, relata a transformação que ocorreu na vida dela após o curso profissionalizante. Viúva e com três filhos para sustentar, conta que, ao ser informada sobre os cursos da SMPM, “viu que era momento de mudança na sua vida”. “Fiz o curso de design de sobrancelhas, e aprendi que posso trabalhar em casa e ter a minha própria renda e autonomia financeira”, diz.

Durante a entrega dos certificados, a secretária da Mulher, Tatiana Lemos, ressaltou a importância dos cursos profissionalizantes. “A capacitação visa resgatar mulheres que enfrentaram algum tipo de violência, com o intuito de auxiliá-las a obter independência financeira e, assim, ingressar no mercado de trabalho”, observa.

Sandna Matias Pinheiro, de 55 anos, aluna do curso de embelezamento das mãos e dos pés, relata que teve um casamento abusivo, no qual sofria violência psicológica por parte do marido, que não a deixava sair de casa. “Agora que estou divorciada chegou a minha vez de conquistar o mercado de trabalho”, conta.

Outra aluna, Zilmara Conceição explica que o curso de modelagem e henna para sobrancelhas foi importante para curar a depressão que estava sofrendo, depois que o filho foi diagnosticado com câncer. “Vou poder comprar os remédios do tratamento do meu filho e conquistar a minha independência financeira”, comenta.

Fotos: SMPM

Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres (SMPM) – Prefeitura de Goiânia