A Prefeitura de Goiânia realizou, nessa quinta-feira (10/02), o depósito da quarta parcela de R$ 300 do Renda Família + Mulher. Beneficiadas da primeira etapa do programa já podem realizar compras com o cartão Alelo. O valor depositado pelo executivo é de mais de R$ 1,8 milhão, que vai movimentar a economia local nos próximos dias.

“A transferência de renda é essencial para amparar essas famílias. Não se trata de caridade, mas sim de promoção da justiça social e garantia de dignidade às mulheres e seus familiares em vulnerabilidade”, afirma o prefeito de Goiânia, ao confirmar que as contempladas na primeira etapa do programa já podem usar o cartão. “Tá na conta”, diz Rogério Cruz.

Na próxima segunda-feira (14/02) o prefeito iniciará a entrega nos bairros da capital de outros 2,6 mil cartões já com o crédito de R$ 300. A lista de nomes das aprovadas da segunda etapa e os locais de entrega estão disponíveis no site da Prefeitura (https://www.goiania.go.gov.br/renda-familia-mais-mulher/).
 
O auxílio financeiro é destinado a mulheres que residem em Goiânia e estejam em situação de vulnerabilidade social devido à pandemia de Covid-19. O auxílio será pago a mulheres que estiverem em, pelo menos, uma das seguintes situações:
 
• Perderam o emprego e renda;
 
• Trabalhadoras informais, autônomas e microempreendedoras individuais;
 
• Mulheres recém-saídas de abrigamentos;
 
• Mulheres com medidas protetivas em situação de abrigamento;
 
• Mães solo (inteiramente responsáveis pela criação dos filhos, sem ajuda do pai, a partir de 16 anos de idade).
 
Para mais informações, as beneficiárias podem entrar em contato pelo direct do Instagram @secretaria_mulher.

Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres – Prefeitura de Goiânia
Foto: Secom