A Prefeitura de Goiânia já atendeu, em 2022, mais de 72 mil alunos da rede municipal de Educação dentro do Programa Saúde na Escola (PSE). O projeto é  consolidado na gestão municipal desde 2007 e resultado de ações intersetoriais entre a Secretaria Municipal de Educação (SME) e Secretaria Municipal de Saúde (SMS)

O PSE é uma estratégia intra e intersetorial, capaz de propiciar o pleno desenvolvimento das crianças matriculadas na rede por meio de ações de promoção à saúde, prevenção às doenças e agravos à saúde, assim como articular o uso dos direitos de políticas públicas pelos alunos. O planejamento é localizado em cada unidade educacional, considerando os níveis de ensino e indicadores, dentre eles: evasão escolar, violência (dentro e fora da escola), motivos da baixa frequência, as doenças prevalentes, entre outros.

Em novembro, foram realizadas três edições da VII Mostra do PSE, onde foram realizadas trocas de experiências, exposição das ações que mais impactaram a saúde das crianças e alunos, além de possibilitar um tipo especial de formação.

A professora Tânia, da Escola Municipal Residencial Itaipu, relata que se surpreendeu com a troca de conhecimento adquirida na Mostra. “Vim aqui sabendo fazer um tipo de PSE, pensei que fazia muito, agora vi que posso fazer muito mais e de maneira bem mais criativa, porque aprendi com os colegas”, disse.

Ao todo, 190 instituições, entre escolas e Cmeis, têm pactuação direta com o projeto, que conta com 13 tipos de frentes de atuação de saúde para atender alunos e, consequentemente, as famílias. Dentre elas, estão: prevenção à Covid-19; combate ao mosquito Aedes aegypti; verificação a situação do cartão vacinal; prevenção do sobrepeso e obesidade; prevenção ao uso de álcool tabaco crack e outras drogas; prevenção das violências e dos acidentes; identificação dos educandos com agravos de doenças em eliminação; práticas corporais de atividade física e lazer; saúde auditiva; saúde bucal; saúde ocular; segurança alimentar e a prevenção da obesidade; direitos sexuais e reprodutivos; gravidez e paternidade na adolescência e cultura de paz cidadania e direitos humanos.

A partir da avaliação da Mostra realizada em 2022, as expectativas são de que em 2023 ocorra a ampliação do número de instituições pactuadas, além de um planejamento que considere a ampliação dos dias do evento, com o intuito de que as unidades educacionais possam apresentar suas ações com maior aprofundamento de detalhes.

Secretaria Municipal de Educação (SME) – Prefeitura de Goiânia