A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), vai promover mudanças no sistema de matrícula estudantil para priorizar as famílias carentes. O secretário Marcelo Costa concede entrevista coletiva na terça-feira (1/10) para anunciar as novas medidas para matrículas para os alunos novatos nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei) e dos Centros de Educação Infantil (CEI). O novo modelo será lançado dia 1º de novembro e inclui a obrigatoriedade do Cadastro de Pessoa Física (CPF) dos alunos.

O processo de matrícula informatizada, além de uma medida de democratização do acesso à educação, possibilita mais transparência e evita problemas relacionados às filas de procura por vagas nas instituições educacionais.

De acordo com a Instrução Normativa RFB nº 1548, de 13 de fevereiro de 2015, que dispõe sobre o CPF, fica determinado que, a partir de 2019, toda criança deve ter o Cadastro da Pessoa Física na Receita Federal. Assim, o processo de matrícula da Educação Infantil será realizado com o número do CPF da criança. Além disso, o secretário anunciará, também, mudanças nas etapas de inscrição até a concretização da matrícula.

Aviso de coletiva de imprensa

O secretário municipal de Educação e Esporte de Goiânia, Marcelo Costa, concede entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (1/10), às 9h, sobre mudanças na prioridade de matrículas da Educação Municipal.

Data: 1º de Outubro

Hora: 9 horas

Local: Rua 226 c/ 236 nº 794 – Setor Leste Universitário – Gabinete da Secretaria Municipal de Educação

Adriene Bastos, da editoria de Educação e Esporte

aviso de pauta

cei

cmei

coletiva

educação

educação infantil

matrícula

matrícula 2020

sme