Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Prefeito

Prefeito é homenageado por empresários da Rua 44

Região recebe as obras da conclusão da parte Leste da Avenida Leste Oeste, requalificação da Praça do Trabalhador e desenvolve parcerias entre associação de empresários nas áreas de segurança, mobilidade e infraestrutura

Publicado em: 15 de outubro de 2019 às 12:18 | última atualização: 15 de outubro de 2019 às 12:21

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, foi homenageado por empresários que compõem a Associação dos Empresários da Região da Rua 44 (AER44) nesta terça-feira (15/10) no shopping Mega Moda, na região do polo atacadista, Setor Norte Ferroviário. O grupo agradeceu as obras e parcerias da gestão para melhoria no local.

Iris recebeu a homenagem com “profunda emoção” relembrou a vocação de Goiânia para o empreendedorismo e a visão de futuro de, quando governador, no início da década de 1980, enxergou no local potencial para o comércio ao levar a Rodoviária para o encontro da Avenida Goiás e a futura Avenida Leste Oeste, de frente à Feira Hippie. “As lojas foram abrindo, as pessoas visitando Goiânia cada vez mais e, com a conclusão da Avenida Leste Oeste e a reforma da praça (do Trabalhador, obra em curso), as pessoas terão uma impressão fenomenal da cidade”, destaca Iris.

Iris lembrou a responsabilidade das gestões da cidade no ordenamento urbano por meio da atualização do Plano Diretor, que focou o desenvolvimento no comércio. “Não quis transformar Goiânia numa cidade dormitório e de chaminés, mas de serviços. “Hoje milhares e milhares trabalham no comércio e a região da 44 e desenvolveu ao perceber que a região recebia compradores de outros lugares”. Iris destacou, ainda, que a reforma da Praça do Trabalhador, “está sendo feita para atender a sociedade”, o estacionamento será usado para abrigar a Feira Hippie.

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo, destaca que o trabalho da Guarda está sendo fundamental para melhora da “sensação de segurança” e destacou a parceria com a gestão atual para regularizar as galerias. “Goiânia não vive uma crise e é por conta da região da 44”, disse.

Desde 2017, a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação de Goiânia (Seplanh) formata ações em parceria com empresários e moradores para melhorias na região. “São parcerias com a Fiscalização, Trânsito, Guarda, que promovem a segurança e comodidade para os clientes de Goiânia e outros estados. No tocante a Secretaria de Planejamento, o foco é, no geral, se as galerias estão regularizadas, horários de funcionamento e os limites dos locais. Estamos dando condições para que a cidade se desenvolva”, explica o secretário Henrique Alves.

O comandante interino da Guarda Civil Metropolitana, inspetor Gilásio Ataíde, destaca que a parceria desenvolvida entre a entidade e os empresários é essencial para “garantir a ordem e o desenvolvimento do comércio da região”.  A presença, segundo o inspetor, “garante segurança a todos”. “Aqui fazemos apoio aos fiscais mas também a segurança como um todo”, explica.

Anfitrião do ato, o presidente do grupo Mega Modas, Carlos Luciano Martins Ribeiro, agradeceu o apoio da Prefeitura e destacou as grandes obras como a conclusão da Avenida Leste Oeste e a Praça do Trabalhador. Ele afirmou que o objetivo é transformar Goiânia como a capital de distribuição da moda do Brasil: “O protagonismo é seu (Iris Rezende), a praça ficará boa demais, a Leste Oeste também, obras que vão valorizar a Feira Hippie, para ser uma feira organizada, bonita. É mais um legado, que vai transformar a cidade nessa trilha que transforma Goiânia como capital da moda”.

O presidente da Associação dos Empresários da Região da Rua 44 (AER44), Jairo Gomes, disse que o polo atacadista deve muito a atual gestão e destaca que a parceria é para “organizar para que continue se desenvolvendo”. “Por meio de uma Parceria Pública Privada (PPP), vamos dar aparelhamento, veículos, para organizar a região. Não só o ambulante, pois não somos contra eles, mas queremos organização, ajudar na limpeza, iluminação e dar tranquilidade aos visitantes”, destaca.

Jairo disse que Goiânia já é o 2º maior polo de confecção e “em 2020 passaremos São Paulo, seremos o primeiro. Isso se dá pelo empenho de cada empresário. Somos extremamente gratos, não medimos esforços para estarmos cada vez mais próximos da gestão para parcerias”, disse.

O líder agradeceu a Câmara Municipal e a Prefeitura de Goiânia que, segundo ele, “foi de uma sensibilidade incrível” com os dois projetos aprovados e sancionados pelo prefeito Iris Rezende. “O arranjo produtivo local e a Lei 314, que recebeu uma emenda para nos dar condições para regularizar e regulamentar todos os empreendimentos”, acrescenta.

Antônio Bento, da Diretoria de Jornalismo

Foto: Jackson Rodrigues