O Plano Municipal de Vacinação de Goiânia segue em ritmo acelerado. Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Yves Mauro Fernandes Ternes, as 321.876 doses aplicadas até esta segunda-feira (19/4) estão mostrando sinais positivos em relação a redução na ocupação de leitos destinados para tratamento da Covid-19. “Conseguimos reduzir os casos graves da doença, que são aqueles que demandam internação”, avaliou.

Segundo levantamento divulgado nesta terça-feira (20/4), a taxa de ocupação dos leitos de UTI em Goiânia é de 79,78%. Já a ocupação de leitos enfermaria é de 65,35%. Os números, segundo a SMS, apresentam estabilidade nas últimas semanas.

Do total de doses aplicadas pelas SMS, 216.957 são referentes a 1ª dose, o que representa 14.3% da população. As outros 104.919 são referentes a 2ª dose, o que representa 6.9% da população vacinada. A Prefeitura já recebeu desde o início da campanha 390.803 doses, sendo que a última remessa foi entregue no dia 16 de abril.

O gruo de idosos representa a maior parcela dos vacinados até então. No total, já foram destinadas para pessoas idosas 157.183 vacinas de 1ª dose e 62.749 de 2ª dose. Trabalhadores da saúde aparecem na sequência. Foram 56.097 vacinas referente a 1ª dose e 41.684 referentes a 2ª dose. Profissionais de Segurança e Salvamento, incluídos recentemente no grupo prioritário, já foram comtemplados com 3.677 vacinas de 1ª dose e 486 de 2ª dose. “Estamos avançando na vacinação e meu desejo é o mesmo de toda população, que todos os goianienses sejam vacinados o mais breve possível”, disse o prefeito Rogério Cruz.

Lucas Cássio, da Diretoria de Jornalismo
Foto: Jackson Rodrigues