Infraestrutura

Obras da prefeitura serão concluídas, diz Luiz Bittencourt

Secretário municipal de Infraestrutura Urbana foi o convidado desta semana do  programa Prefeitura Digital, apresentado na página da Prefeitura de Goiânia no Facebook

Publicado em: 24 de março de 2021 às 09:41 | última atualização: 24 de março de 2021 às 09:41

Tamanho da fonte:
-A A A+

O trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana de Goiânia (Seinfra) foi o tema do programa Prefeitura Digital, apresentado toda segunda-feira, às 12h, pelo jornalista Jordevá Rosa, na página da Prefeitura de Goiânia no Facebook.

A divulgação dos trabalhos é uma forma de interação entre os moradores da cidade e a prefeitura para que a população saiba o que o órgão municipal está realizando, além de fazer sugestões ou perguntas que são respondidas de forma direta e ao vivo. Nesta semana, o secretário de Infraestrutura, Luiz Bittencourt, foi o convidado e esclareceu muitos pontos importantes do trabalho. “A Seinfra cuida da saúde da cidade e nós estamos atuando para melhorar a vida das pessoas. Queremos fazer de Goiânia a melhor cidade do país para se viver”, disse ele.

Jordevá questionou o secretário sobre o programa Asfalto Novo, que está recapeando bairros em diversas regiões da cidade. “São 630 km de asfalto que serão recuperados. Já foram feitos 2,5 milhões de metros quadrados pela gestão anterior e a gestão Rogério Cruz vai fazer 5 milhões de metros quadrados, totalizando 7,5 milhões de metros quadrados. É uma obra realizada em todas regiões de Goiânia, alcançando ao todo 111 bairros. É muito importante porque recupera nossa pavimentação asfáltica, trazendo o asfalto novo, proporciona um ambiente revitalizado, que permite o tráfego de veículos com mais tranquilidade, e faz com que o pavimento das vias possa ter mais longevidade. Nossas frentes de trabalho estão quase que 24 horas na ativa” explicou Bittencourt.

Atualmente o Asfalto Novo está no bairro Feliz / Setor Universitário, Bueno / Marista e Vila São José / Campinas e Bairro Goiá. O serviço nesses locais termina em 15 dias e inicia no Novo Horizonte, Jardim Planalto, parte da Vila Nova e em outra parte da Vila São José, na divisa com o bairro de Campinas.

Caso o morador de algum setor queira entrar em contato com a prefeitura para solicitar esse e outros serviços da Seinfra, é só baixar o aplicativo Prefeitura 24h. A ideia é também disponibilizar outras formas de solicitação, como um telefone 0800. “Pode utilizar o aplicativo e o telefone 3524-8363 (Central de Atendimento ao Público), que nós recebemos todas as manifestações e estamos praticamente dando atendimento quase que imediato. Em casos pequenos, temos um prazo de 24 horas. Se for algo maior, aí temos um prazo de 2 a 3 dias, mas como ainda estamos em período chuvoso, tentamos atender o mais rápido possível estas demandas ”, garantiu o secretário.

As frentes de serviço da equipe Seinfra em Ação contam em média com 500 a 600 funcionários atuando nos locais das intervenções, todos os dias, distribuídos em 85 grupos, trabalhando na drenagem, recapeamento, recuperação asfáltica, troca de lâmpadas, construção de trechos de drenagem, calçadas, manutenções e tantos outros serviços para diminuir os problemas da população e proporcionar infraestrutura de qualidade.

Luiz Bittencourt pretende, por determinação do prefeito, fazer uma nova frente de serviço após a reconstrução de 630 km da pavimentação asfáltica. “O programa obviamente não atendeu todas as vias que existem no município. Então, vamos concluir esse projeto contratado e já fazer uma nova frente de serviço contemplando mais 800 km de ruas e bairros que não foram beneficiados nesta primeira fase. Também vamos fazer pavimentação asfáltica em todos os bairros e ruas de Goiânia até o fim do mandato”.

Questionado por um internauta sobre o recapeamento na região da UFG, do câmpus Samambaia, Bittencourt afirmou que será feito nos próximos dias. “Vamos chegar lá. Também existem obras de drenagem para aquela região que serão executadas após o período chuvoso. Eu acredito que a partir de 2 de abril iniciaremos uma nova fase da administração municipal. O prefeito Rogério Cruz quer celeridade, quer a prefeitura atendendo ao máximo a sua capacidade de realização de obras”.

Luiz Bittencourt também falou sobre o andamento das obras que foram iniciadas na gestão passada. “O prefeito Rogério Cruz determinou em nossa primeira reunião de trabalho que todas as 89 obras iniciadas fossem retomadas e concluídas. Eu acredito que entre julho e setembro devemos concluir de 55% a 65% e até o final do ano mais 45%. Então, todas as obras estarão finalizadas até o início de 2022”, disse o secretário.

Em breve, a gestão Rogério Cruz vai implementar dois programas importantes de infraestrutura, o "Pequenas Obras, Grandes Soluções" e o “Conexões Urbanas”, explicados por Bittencourt. “O primeiro são obras pontuais, intervenções feitas nos bairros em todos os sentidos para que possamos melhorar o dia a dia das pessoas. O outro são pontes, duplicações de avenidas que possam dar mais mobilidade para transitar nos bairros de Goiânia. Então, além de concluir as obras da gestão passada, nós estamos preparando esse plano de ação”.

Uma obra importante mencionada na live foi a do viaduto Lauro Belchior, ligando o Setor Leste Universitário ao Jardim Novo Mundo. “Já está com a base, as vigas de aço prontas, os pilares, tudo concretado, a parte de terraplanagem concluída, estamos fazendo a montagem das vigas, que são 8 vigas de aço que pesam 300 toneladas. Só de parafusos são 1.620 unidades, quase 2 toneladas de parafusos. Queremos concluir entre maio e junho para desafogar a região entre o Serra Dourada e a Avenida Anhanguera”, explicou o secretário.

Jordevá também perguntou sobre o andamento do Complexo da Jamel Cecílio, no Jardim Goiás. “É uma obra em três níveis. A parte superior do viaduto já foi inaugurada. Estamos fazendo o estaqueamento da parte intermediária, a rotatória da Alameda Leopoldo de Bulhões, e concluindo a perna sul-norte da Marginal Botafogo, que vem da Segunda Radial até o viaduto, para fazer toda essa integração. Acredito que entre julho e setembro estamos com essa obra pronta” disse Bittencourt.

O secretário ainda falou sobre a Avenida Leste-Oeste, que precisa dos acessos e conexões com os bairros para que a população usufrua dessa via. “Ela vai ter dois desdobramentos. O trecho Leste, da Praça do Trabalhador até Senador Canedo, nós temos dois viadutos para serem resolvidos, o da BR-153 e o da 5ª Avenida, e o trecho Oeste, que vai da Praça do Trabalhador até Trindade. Essa é uma obra importante que precisa ter funcionalidade”.

Já sobre o BRT Norte-Sul, com extensão de 21,7 km e dividido em dois trechos: o trecho 1, do Terminal Isidória até o Terminal Cruzeiro do Sul, em Aparecida de Goiânia, e o trecho 2, do Terminal Recanto do Bosque até o Terminal Isidória, Bittencourt disse que esse último está 75% pronto e programado para ser entregue até setembro. “Estamos iniciando a cobertura do Terminal Isidória com a estrutura metálica, uma obra magnífica, bonita. O trecho 1 está mais atrasado, vamos concluir até o final do ano”.

A Seinfra também atua em conjunto com outras pastas, como a Educação,  e visa a construção de novos CMEIs com capacidade para até 250 alunos. “Nós recebemos oito CMEIs em fase de construção e três para serem iniciados. Acredito que a partir de abril vamos começar a entregar essas obras. Estamos estudando a licitação de mais 20 unidades educacionais com um novo modelo mais moderno e funcional. As obras devem começar no segundo semestre”, pontuou o secretário.

Veja outras demandas de internautas que foram respondidas pelo secretário Luiz Bittencourt:

Asfalto na Vila Nova: já foi feito boa parte e ainda precisa de algumas correções. Está na programação para finalizar esse ano.

Residencial Irisville: por causa do período chuvoso e rede de drenagem tem um pequeno trecho que não foi concluído, o que será feito a partir de abril, inclusive a rotatória de acesso. Serão resolvidos todos os problemas do bairro.

Setor Jaó: fizemos a ampliação do extravasor do lago, para evitar alagamentos, e será feita uma revisão completa da pavimentação asfáltica do setor. Sobre a Rua da Divisa, há uma discussão sobre sua duplicação, que melhoraria o trânsito. Existem embargos da Justiça, questionamentos do Ministério Público e Associação de Moradores, mas superando essa parte jurídica, a Seinfra terá condições de fazer a obra.

Setor Progresso: a secretaria vai dar continuidade ao asfalto e, em conjunto com a Secretaria de Mobilidade, será feita toda a sinalização das ruas.
Jardim Novo Petrópolis: a pavimentação e a drenagem neste local serão totalmente concluídas a partir de abril.

Juan Meloni, da editoria de Infraestrutura