O Procon Goiânia, de janeiro de 2021 a outubro deste ano, realizou mais de 15 mil atendimentos, entre reclamações, negociação, mediação, fiscalização, pesquisa e cálculo, entre outros. Os dados estatísticos constam no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec).

As áreas mais reclamadas são referentes a assuntos bancários e financeiros (cartão de crédito), com 4,3 mil registros, seguida dos serviços essenciais (água, energia e telefonia), com quantitativo de 3,3 mil atendimentos.

As reclamações em relação aos serviços privados, como manutenção elétrica, oficina de veículos, marcenarias, e outros, chegam a 2.055 registros. 2,8 mil consumidores reclamaram de produtos com defeitos ou oferta enganosa. Para planos de saúde, foram computados 559 atendimentos. As agências e operadoras de viagens receberam 319 reclamações, neste período.

Já na área de fiscalização, o Procon Goiânia fez 1.010 ações de em operações de fiscalizações em panificadoras, bancos, postos de combustíveis, açougues, supermercados, entre outros estabelecimentos.

Pesquisas
Em relação ao serviço de Pesquisa e Cálculo, o Procon Goiânia realizou cerca de 50 trabalhos, com análise e comparativos de preços, em diversas áreas, para auxiliar o consumidor na hora da compra, como levantamentos do Dia dos Pais, Dia das Crianças, presentes de final de ano, Festa Junina, entre tantas outras iniciativas de mercado.

Para o presidente do Procon Goiânia, Júnior Café, os números mostram que o órgão amplia a capacidade de atendimento. “Temos como prioridade oferecer aos cidadãos a solução para os problemas reclamados. Intermediamos negociações que garantam o direito de cada um. Os que agridem o direito do consumidor são responsabilizados”, afirma.

Júnior Café também ressalta que nas mais diversas áreas de atuação, o Procon Goiânia se aproxima do cidadão, sendo um canal aberto para atuar diante de qualquer ameaça aos direitos do consumidor. “O atendimento, a fiscalização, o setor jurídico, a negociação, a mediação, a pesquisa e o cálculo, a comunicação, e todos os outros setores, estão sempre empenhados em oferecer o melhor ao consumidor”, pontua.

Fotos: Procon Goiânia

Programa de Defesa do Consumidor (Procon Goiânia) – Prefeitura de Goiânia