Com show sertanejo da cantora Luh Medeiros, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, promoveu exibição do jogo da Seleção Brasileira contra a Croácia, nesta sexta-feira (09/12), no Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro.

Foi assim que Maria de Brito Moraes, que vive em situação de rua há um ano, foi recebida no local, no Cine Ouro, no Centro, para assistir à partida de futebol.

“Sou de Caxias do Maranhão, e estou em Goiânia há dois meses, mas moro na rua há um ano. Vivo por aí. Nunca tinha ido em um cinema antes. Sabia nem como era, só imaginava. Assisti aos outros jogos na rua mesmo, pelo lado de fora dos bares. Hoje eu estou aqui e bem feliz”, afirmou.

Desde o início da Copa do Mundo, o espaço tem sido aberto nos horários dos jogos da Seleção Brasileira. O evento é aberto à comunidade em geral, de forma gratuita, e limitada à lotação de 250 pessoas. Já foram quatro jogos, todos com a sala de cinema cheia de torcedores bem animados.

Segundo o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, a proposta objetiva democratizar o acesso aos espaços culturais públicos para todos.

“Estamos muito felizes com os resultados do nosso projeto, mesmo sem a vitória do Brasil. Recebemos aqui pessoas que sabemos que são muito carentes, que não têm uma TV para assistir aos jogos. Recebemos famílias, crianças, trabalhadores do Centro de Goiânia, e equipes de empresas aqui de perto. Então, é um saldo muito positivo para nós, que buscamos uma gestão igualitária, que atenda às necessidades das pessoas em todas as áreas. E o entretenimento, o acesso à cultura também é uma das mais importantes”, pontua.

O secretário municipal de Cultura, Zander Fábio, assistiu a todos os jogos no Cine Ouro. “Foi uma ideia brilhante transmitir os jogos aqui. Vi pessoas humildes, como a Maria, que nunca tinha ido ao cinema, que talvez não assistiria aos jogos se não fosse nossa ação aqui no Ouro. E elas ficam deslumbradas, encantadas, e até se emocionam. Nada descreve a emoção de ver o nosso Brasil em campo, né!?”, ressaltou.

Quem também esteve no Cine Ouro para assistir aos jogos do Brasil foi a pequena Tiffany Geovana Souza Marcório, 8 anos. Sem perder um lance, ela torceu e vibrou com cada gol ao lado da mãe. “É a minha segunda copa, mas eu nunca tinha assistido no cinema antes. Vim em todos os jogos com a minha mãe e as amigas dela, e é muito legal. Me arrumo toda de verde amarelo, e a gente vem. Foi muito bom! Eu adorei. O importante é divertir”.

Já o Alan Pierre veio com a esposa, a filha e a mãe. A família é de Mineiros (GO), e está em Goiânia para tratamento de saúde. “Ficamos sabendo pelas redes sociais que teria o jogo no cinema. Achamos muito interessante, e passamos aqui antes de ir embora para nossa cidade”, afirmou.

Fotos: Secul

Secretaria Municipal de Cultura (Secult) – Prefeitura de Goiânia