Coronavírus

Mães de primeira viagem relatam desafios durante pandemia

Publicado em: 09 de maio de 2021 às 08:00 | última atualização: 09 de maio de 2021 às 09:54

Tamanho da fonte:
-A A A+

“Quando engravidei, uma amiga me perguntou se eu não seria daquelas mães que mandam passar álcool em gel nas mãos antes de encostar no bebê. Com um sorriso no rosto, respondi que não seria uma mãe neurótica”, conta a cirurgiã dentista Mônica Monterane, que deu à luz Clara em abril de 2020, um mês depois da Organização Mundial de Saúde (OMS) declarar a pandemia mundial provocada pela Covid-19. Mônica teve que se adequar aos novos tempos, inclusive à forma de comemorar o Dia das Mães, que se tornou diferente.

O Chá de Fraldas que ela e o esposo, o também cirurgião dentista Arnaldo Santana Júnior, promoveram para esperar o bebê foi a última vez que eles tiveram contato com um grupo de pessoas, inclusive familiares. Alguns meses depois do questionamento da amiga, já em plena pandemia, a ideia de deixar alguém encostar na filha recém-nascida é que se tornou completamente maluca, como ela mesma define.

Para Mônica, assim como para outras mães, a paixão pelas mãozinhas gordinhas, o cheirinho típico de bebês e inclusive os chutes na barriga ganharam uma preocupação a mais.

Mulheres que deram à luz na quarentena passaram a vivenciar angústias com a maternidade, sobretudo as mães de primeira viagem, que não puderam contar com o apoio de familiares e amigos, sem visitas e compartilhamentos das transformações dos seus filhos.

“A minha gestação foi muita tranquila e me preparei para as mudanças que ela traria para o meu corpo e mente, mas aos oito meses fui surpreendida com as notícias sobre a Covid-19, trazendo dúvidas sobre o parto. Não sabia nem se meu esposo poderia estar comigo naquele importante momento”, relata Mônica, acrescentando que, além dos desafios naturais da maternidade, as preocupações com o coronavírus se tornaram diárias.

Sem poder receber visitas, a cirurgiã dentista diz que a maioria das pessoas, inclusive da família, só conhecem a sua filha até hoje por vídeos e redes sociais.

"Apesar das dificuldades, conseguimos nos adaptar e meu segundo Dia das Mães será mais que especial e com a comemoração ainda restrita, assim como foi o aniversário de 1 ano da Clara, de forma on-line" afirma, anunciando, feliz, que está grávida do seu segundo filho.

Enquanto Mônica Monterane deu à luz durante a pandemia, a jornalista Lênia Soares ficou grávida. Ainda de poucos meses, ela que também será mãe de primeira viagem, ficou preocupada quando soube que teria um filho ainda durante a pandemia. “Tenho tentando não ficar muito neurótica, mas tomando todas as precauções necessárias”, expressa Lênia.

Ela diz que quando soube da novidade ficou feliz e surpresa. “Ao mesmo tempo que tive medo por conta da pandemia, fiquei extremamente feliz porque tinha o sonho de ser mãe, sublinha, acrescentando que o distanciamento social passou a ser necessário e a rotina no seu ambiente de trabalho foi totalmente alterada para não colocar ela e a criança em risco.

Lênia Soares frisa que não sabe se será possível fazer Chá de Fraldas, mas já planeja alguns detalhes do seu período puerpério. “Minha família é muito carinhosa e amorosa, mas penso que os beijos e abraços ainda vão demorar por um tempo. Por conta disso, o WhatsApp, sem sombra de dúvidas, será o nosso aliado”, relata, acrescentando estar empenhada em continuar mantendo todos os cuidados pelo bem do bebê que espera.

Por outro lado, mães que tiveram filhos antes da pandemia também ficaram preocupadas e buscaram adaptação, principalmente quanto ao uso de máscaras, como é o caso da assistente administrativa Lívia Müller, mãe do André, de 2 anos. Ela conta que precisou trabalhar normalmente e, por isso, a atenção precisou ser redobrada. “Apesar do período da pandemia, tudo passou a ser novidade e as recomendações sanitárias viraram rotina em casa e no trabalho”, conta.

“ Meu filho demorou um pouco pra se acostumar com a máscara, mas depois de muita insistência ele já usa com facilidade”, relata Lívia, pontuando que a comemoração do Dias das Mães  na casa dela também será somente com o núcleo familiar.

Fotos feitas pelos papais: Arnaldo Júnior, Fábio Rezende e Mauro Junio

Mauro Júnio, da Diretoria de Jornalismo