Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Administração

Inventário patrimonial de Goiânia será entregue ao TCM com apenas um ano de trabalho

Documentos com o balanço dos bens municipais serão encaminhados até o dia 14 de abril

Publicado em: 02 de abril de 2020 às 12:22 | última atualização: 02 de abril de 2020 às 12:22

As Comissões Permanentes de Inventário dos Bens Patrimoniais Mobiliários (CPIBPM) e Imobiliários (CPIBPI) estão finalizando a elaboração do inventário do patrimônio de Goiânia. O levantamento deverá ser entregue ao Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás (TCM-GO) até 14 de abril.

A presidente da Comissão Permanente dos Bens Patrimoniais Mobiliários da Prefeitura de Goiânia, Daniela Calaça, ressalta que houve muito esforço para realizar a entrega em tempo recorde. “É um serviço que demanda tempo e atenção, mas mesmo assim é importante admirar o empenho de toda equipe e também da Comissão de Bens Imobiliários por essa conquista com apenas um ano de trabalho”, afirma.

Atualmente, o município conta com diversas propriedades e móveis por todas as regiões da cidade. Desde 2015, uma normativa instituiu à administração pública um levantamento de todo esse capital que deveria ser apresentado ao TCM. Porém, é a primeira vez que o levantamento é realizado, se tornando um marco no trabalho das comissões responsáveis.

Outra conquista é a fabricação do Manual de Gestão Patrimonial que está em fase final para de publicação. Esse material será entregue a todos os servidores com o objetivo de orientar e estruturar o gerenciamento dos bens públicos. “O manual será importante para que os colaboradores saibam como administrar o patrimônio do município. Com isso, teremos condições de entregar o inventário todo ano”, garante Calaça.

Ao longo da realização do levantamento, as Comissões Permanentes de Inventário dos Bens Patrimoniais Mobiliários e Imobiliários do Município de Goiânia realizaram cursos com os servidores da Saúde, Educação e Assistência Social sobre a conscientização da gestão do patrimônio público. Essa medida foi necessária porque essas pastas possuem grande demanda de mobiliários e propriedades espalhadas por toda a capital.

O titular da Secretaria de Administração de Goiânia (Semad), Agenor Mariano, afirma que a entrega do inventário é resultado de muita dedicação da gestão atual. “Esse trabalho demonstra o profissionalismo da equipe que se empenhou em cumprir essa demanda e também revela a dedicação do prefeito Iris Rezende em atender todas as obrigações junto ao Tribunal de Contas”, pontua.

Marinalva Sampaio, estagiária da editoria de Administração