Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Coronavírus

Covid-19:Hospital de Referência da Prefeitura de Goiânia começa a funcionar

A partir desta segunda-feira, 06/04, serão disponibilizados 30 leitos de UTI com equipamentos de última geração, inclusive com o serviço de Telemedicina que permitirá o monitoramento do paciente até mesmo fora do quarto.

Publicado em: 06 de abril de 2020 às 11:15 | última atualização: 06 de abril de 2020 às 17:12

O prefeito Iris Rezende anunciou agora há pouco que o Hospital e Maternidade Célia Câmara, a Maternidade Oeste, transformado em Hospital de Referência da Prefeitura de Goiânia, já pode receber pacientes com a Covid-19 a partir de hoje (6/4). Iris determinou o adiamento da inauguração da unidade enquanto maternidade, destinando-a ao atendimento de pacientes vítimas do coronavírus, como mais uma medida de enfrentamento à pandemia que assola o mundo.

De início, serão disponibilizados 30 leitos de UTI com equipamentos de última geração, inclusive com o serviço de Telemedicina, que permitirá o monitoramento do paciente até mesmo fora do quarto. Um outro grande benefício desse serviço é que os profissionais de saúde da unidade poderão falar sobre Covid-19 com autoridades e especialistas de todo país.

Prefeito Iris Rezende no Hospital de Campanha do Município, que funciona no Hospital e Maternidade Célia Câmara

Mais de 300 profissionais entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e profissionais de áreas de apoio atuarão na unidade de saúde, montada no Hospital e Maternidade Municipal Célia Câmara (HMMCC), no Conjunto Vera Cruz I, região Oeste de Goiânia.

Os equipamentos para esta primeira etapa de atendimento já estão instalados na unidade, assim como os profissionais contratados passam por treinamento intensivo. A Fundação de Apoio ao Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (Fundahc) destaca que a capacitação dos colaboradores é feita rigorosamente e constantemente a cada nova contratação e mudança nos protocolos e fluxos de atendimento apresentados pelo Ministério da Saúde e demais autoridades competentes.

Já está sendo finalizada a montagem de 10 dez leitos pediátricos, que serão entregues na sequência para atender pacientes com idade abaixo de 18 anos, assim como as enfermarias de apoio às duas UTIs. Até o final de maio, o HMMCC contará com 60 leitos, sendo 50 entre UTIs adulto e pediátrico, e as outras 10 de enfermarias de apoio às UTIs.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrue, que fez vistoria no local na manhã desta segunda-feira, a unidade tem capacidade de expandir até 186 leitos. "É uma instituição que irá prestar um grande serviço à população”, disse a secretária.

Leito do Hospital de Campanha do Município de Goiânia, no Hospital e Maternidade Célia Câmara

Da Diretoria de Jornalismo (Secom)