A exemplo do que aconteceu no ano passado, Goiânia é o município do Centro-Oeste brasileiro com melhor posição no ranking nacional de competitividade, que acaba de ser divulgado pela organização não-governamental Centro de Liderança Pública (CPL). A capital é também uma das duas únicas cidades goianas entre as dez mais bem ranqueadas na região. A outra é Rio Verde.

O topo da lista no Centro Oeste tem, por ordem: Goiânia, Três Lagoas (MS), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Sinop (MT), Rondonópolis (MT), Dourados (MS), Rio Verde (GO), Sorriso (MT) e Tangará da Serra (MT). Apenas os três primeiros estão entre os 100 melhores colocados do país.

Entram no levantamento todas as 415 cidades com população acima de 80 mil habitantes, de acordo com a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2021. O ranking é formado a partir da análise de 65 indicadores, organizados em 13 pilares temáticos e três dimensões: “instituições”, “sociedade” e “economia”. A pesquisa ajuda prefeituras a mapear pontos positivos positivos e negativos da relação entre poder público e o setor privado.

No que diz respeito apenas ao critério “inovação e dinamismo econômico”, Goiânia ganhou 11 posições e ficou em 42º no quadro geral, formado por todos os municípios brasileiros. No critério “inserção econômica”, avançou 20 casas e chegou à 44ª colocação. No aspecto de “sustentatibilidade fiscal”, melhorou sete posições e agora está em 96º. Em “qualidade da saúde” e em “acesso à educação”, o salto foi ainda maior: 39 posições.

*Geração de empregos*
O estudo da CLP registra que Goiânia melhorou 77 colocações na geração de empregos formais e 201 na análise do PIB per capita. A cidade também conquistou avanços na renda média do trabalhador formal, no investimento em pesquisa científica, no número de matriculas no ensino médio, entre outras áreas.

Goiânia registrou 56,26 como nota geral. No ano passado, a nota havia sido 55,70. Na comparação com todas as capitais brasileiras, Goiânia tem a décima melhor colocação, atrás de Florianópolis (67,62), Porto Alegre (64,67), São Paulo (64,63), Curitiba (63,87), Vitória (62,69), Belo Horizonte (61,39), Rio de Janeiro (58,37), Palmas (57,16) e Recife (56,68). No ranking geral, com todos os 415 municípios que participam do estudo, Goiânia está em 88º.

Foto: Secom

Secretaria Municipal de Comunicação – Prefeitura de Goiânia