Ouça a notícia aqui

Goiânia amplia o Teste de Olhinho, ou Teste do Reflexo Vermelho, para bebês recém-nascidos em unidades de saúde do município. Em média, cerca de 1,6 mil bebês nascem por mês na rede pública do município e o atendimento, que atualmente é feito somente nas maternidades, passará a ser realizado sempre na primeira consulta da criança após o nascimento.  

Todos os Centros de Saúde da Família (CSF) terão ao menos um médico capacitado para atender os recém-nascidos na primeira consulta para que seja realizado o Teste do Olhinho. A distribuição e instalação dos Oftalmoscópios, aparelhos usados na execução do procedimento, foram distribuídos, instalados e já estão sendo utilizados. 

“Novas vidas precisam de cuidado e prevenção, é por isso que estamos ampliando para que todos os nossos Centros de Saúde da Família possam fazer o exame nos bebês e as famílias possam ter mais segurança e conforto. O Teste do Olhinho é importante tanto quanto outros logo após o nascimento”, explica o secretário de Saúde, Durval Pedroso. 

Por que o teste do olhinho é importante?

O Teste do Olhinho é realizado para diagnosticar possíveis alterações nos olhos ou doenças oculares. Entre as principais patologias detectadas com o teste estão a catarata congênita, o glaucoma e o retinoblastoma, um tipo de tumor ocular mais prevalente na infância. O exame é rápido, simples e indolor. Em caso de teste alterado, o bebê é encaminhado, o mais precocemente possível, para uma consulta com um oftalmologista pediátrico. 

Thiago Melo, da editoria de Saúde

prefeitura de goiânia

saúdegyn

Vacinação Covid-19