A Prefeitura de Goiânia antecipou, nesta sexta-feira (26/08), o pagamento da folha de agosto e quitou o salário de 46,2 mil servidores públicos municipais dentro do mês trabalhado (a exemplo do que ocorre desde o início da gestão do prefeito Rogério Cruz).

A quitação da folha injetou R$ 278,1 milhões da economia da capital. Os servidores da ativa receberam R$ 208,4 milhões e os aposentados e pensionistas, R$ 69,7 milhões.

“Temos mantido o pagamento dos salários dentro do mês trabalhado, assim valorizamos os servidores, responsáveis pela eficiência da administração, e garantimos um incremento na economia da nossa cidade”, destaca o prefeito Rogério Cruz.

Banco Itaú
A partir do dia 1º de setembro, o gerenciamento da folha da prefeitura será feito pelo banco Itaú. O contrato é de cinco anos e vai garantir benefícios ao funcionalismo. Esses benefícios foram negociados no período anterior à formalização do acordo.

O banco destacou funcionários para ajudar os servidores a abrir novas contas – seja com atendimento presencial, seja pela internet (www.itau.com.br/abrir-conta). Aqueles que já tinham conta no Itaú não precisam abrir nova conta.

O pacote inclui: isenção de tarifas da cesta de serviços, anuidade grátis no cartão de crédito, taxas diferenciadas para linhas de crédito, acesso à plataforma de compras iupp, descontos no seguro Auto e isenção da mensalidade da Tag Itaú, solução de pagamento automático de pedágios e estacionamentos (em parceria com a ConectCar).

Foto: Secom

Secretaria Municipal de Administração (Semad)– Prefeitura de Goiânia