Representantes de mais de 300 escolas da rede municipal de ensino de Goiânia receberam treinamento em live, nesta terça-feira (11/5), que abordou a prevenção de abuso e violência sexual contra crianças e adolescentes. A live foi promovida pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME).

A live contou com palestras da professora do Instituto Federal de Goiás (IFG) Janira Sodré, da professora mestre Maria Luiza Oliveira e da delegada Marcela Cordeiro Orçai. A partir dessa formação, os profissionais da educação poderão identificar comportamentos passíveis de estarem relacionados a abusos sexuais, bem como acolher a criança e orientar a família para providências. 

Os professores também foram orientados a acionar o Conselho Tutelar da região em caso de indícios de violência. Os conselheiros, por sua vez, podem investigar os casos suspeitos e encaminhar as informações para a Polícia Civil, que toma todas as medidas legais cabíveis.

O prefeito Rogério Cruz abriu a formação, ao lado da primeira dama, Thelma Cruz, e falou sobre a importância do olhar do profissional nas escolas. “As crianças que sofrem violência e abusos carregam o problema para o resto da vida, ficam caladas e não contam para ninguém por medo. Precisamos dar voz a essas crianças e adolescentes. Esse encontro faz toda diferença para lidar com a situação e pensar em conjunto na busca de soluções”, ressaltou o prefeito. 

O secretário da pasta, professor Bessa, manifestou sobre a importância da formação. “A iniciativa integra uma missão outorgada pelo prefeito Rogério Cruz em proteger e garantir o cuidado às crianças, por meio de um trabalho permanente com a participação da Educação, Saúde, poder Judiciário e outros setores da sociedade. Juntos, vamos acolher nas escolas esses alunos que são expostos às violências”, explicou.

Daniela Rezende, editoria de Educação
Foto: Luiz Fernando Hidalgo

educação

Educação Goiânia