Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Coronavírus

Flexibilização e reabertura estão condicionadas à situação epidemiológica

Retomada das atividades, segundo a Prefeitura de Goiânia, deve ocorrer de forma segura e responsável

Publicado em: 29 de maio de 2020 às 18:15 | última atualização: 29 de maio de 2020 às 18:15

DCIM100MEDIADJI_0030.JPG

A Prefeitura de Goiânia, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informa que a flexibilização e as respectivas datas de reabertura do comércio estão condicionadas à situação epidemiológica na cidade naquele momento para que haja a retomada das atividades de forma segura e responsável, tendo como principal foco o controle da covid-19 em Goiânia.

Na quinta-feira (28/05), representantes de vários segmentos econômicos estiveram em uma reunião no Paço Municipal para que fosse iniciado, em conjunto com autoridades sanitárias, um planejamento de reabertura gradual do comércio. Os empresários se comprometeram a apresentar mais documentos para compor uma proposta de retomada das atividades com medidas rígidas de segurança.

Ao final da reunião ficou decidido que as atividades serão retomadas de forma escalonada e seguindo protocolos, normas e recomendações de prevenção à Covid-19.

A ideia é elaborar um plano de reabertura por etapas, liberando primeiro os segmentos que apresentam menor risco de contágio da doença. Mas a flexibilização só ocorrerá após apreciação e autorização do Centro de Operações Emergenciais (COE), que é formado por representantes de diversos segmentos entre eles Ministério Público, Judiciário, Conselho Municipal de Saúde e pesquisadores.

Mais uma vez, a prefeitura enfatiza que o retorno de qualquer atividade está condicionado a situação epidemiológica na cidade, ao controle da doença, que está diretamente ligado ao nível de isolamento social.