A Prefeitura de Goiânia reuniu as principais dúvidas sobre a vacinação contra a Covid-19 das crianças na capital e os questionamentos feitos pelos pais e responsáveis foram respondidos pelo secretário municipal de Saúde, Durval Pedroso.

A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é de atender 120 mil crianças de 5 a 11 anos.

1) Crianças de qual faixa etária podem ser vacinadas contra a Covid-19 em Goiânia

No Brasil, o imunizante da Pfizer foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para vacinação de crianças entre 5 e 11 anos. A aplicação da dose pediátrica do imunizante segue calendário e, atualmente, tem doses disponíveis para as crianças de 10 anos que moram na capital. O grupo será ampliado conforme chegarem novas doses.

2) Somente os pais podem levar as crianças para vacinar?

Os pais podem preencher uma autorização para que outras pessoas (tio, avós, etc) acompanhem a criança. O documento está disponível no site da Prefeitura de Goiânia (www.goiania.go.gov.br/imunizagyn).

3) O que é preciso levar ao ponto de vacinação?

É preciso apresentar o Cartão de Vacinas, documentação pessoal da criança (RG, CPF ou Cartão SUS) e comprovante de endereço.

4) A vacina contra a Covid-19 pode ser administrada concomitante a outras vacinas do calendário infantil?

Seguindo orientação de Nota Técnica, as doses não serão administradas junto com outras vacinas do calendário infantil, sendo recomendado, por precaução, um intervalo de 15 dias.

5) Como saber se a vacina aplicada é a pediátrica?

A vacina aplicada nesse público é diferente e é muito fácil confirmar pois a tampinha do frasco é laranja, indicando que essa é a vacina para crianças. Os profissionais de saúde devem mostrar ao responsável que acompanha a criança que se trata da vacina contra a Covid-19, frasco na cor laranja, específica para crianças entre 5 a 11 anos.

Vacina pediátrica | Foto: Divulgação

6) Crianças também precisam tomar a segunda dose?

Sim. “A vacina contra a Covid-19 é nova e cada vez mais as doses são feitas para garantir a segurança das pessoas. Por isso, as crianças também vão tomar a segunda dose”, explica o secretário municipal de saúde, Durval Pedroso.

7) A vacina ocasiona reações em crianças?

Toda vacina pode causar algum tipo de reação como dor, inchaço, febre, dor de cabeça e calafrios. Os pais ou responsáveis devem procurar atendimento médico caso a criança apresente alguma reação inesperada. Durval destaca que a rede municipal está preparada para atender prontamente às crianças neste caso.

8) A vacina traz riscos às crianças?

A vacina foi testada, é segura e eficaz na prevenção da forma grave e potencialmente fatal da doença. “A vacina que as crianças estão recebendo é segura, eficaz, tem comprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e salva vidas”, afirma Durval Pedroso.

9) A vacina impede que as crianças sejam contaminadas com a Covid-19?

Não. A vacina protege contra as formas graves da doença. Ainda pode acontecer de a criança ser contaminada, mas será uma doença mais branda, que não vai colocar a vida dela em risco. Por isso é tão importante vacinar.

10) Após a vacinação, as crianças podem deixar de usar máscara?

A máscara é uma proteção a mais no combate à Covid-19. Após receber o imunizante ela ainda é necessária, assim como a higienização correta das mãos e todo os cuidados.

Para mais informações sobre a vacinação contra a Covid-19 em Goiânia, acesse:
www.goiania.go.gov.br/imunizagyn/

Lívia Barbosa, da Diretoria de Redação

coronavirus

prefeitura de goiânia

Vacinação Covid-19