Um mês depois da inauguração do primeiro Laboratório Maker de robótica da rede municipal de ensino de Goiânia, estudantes da Escola Municipal Alice Coutinho visitaram a Faculdade de Ciências Aeronáuticas da Pontifícia Universidade Católica de Goiás para conhecer os principais projetos tecnológicos da instituição. O objetivo da visita guiada foi apresentar novos sistemas e conceitos para que sejam aplicados pelos alunos da Secretaria Municipal de Educação (SME) em sala de aula. 

Na oportunidade, os estudantes acompanharam a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do formando Henrique Matheus Costa. Com o  tema “As falhas da comunicação na informação aeronáutica”, o estudo abordou as ferramentas de contato entre pilotos e controladores de voos e despertou a atenção dos alunos da Escola Municipal Alice Coutinho. 

Gerente de Tecnologia e Informação da SME, Joel Zaratim explica que a visita teve a missão de desenvolver o aprendizado dos estudantes e garantir que eles possam explorar novas tecnologias. “Os alunos da EM Alice Coutinho tem uma relação importante com a cultura maker. Tanto que a unidade foi escolhida para receber o primeiro laboratório de robótica da rede. Agora, com a consolidação desse projeto, o objetivo é ampliar o número de laboratórios e realizar cada vez visitas guiadas em instituições que desenvolvem novas tecnologias”, pontua. 

A proposta da Prefeitura de Goiânia, segundo o secretário de Educação Wellington Bessa, é levar a cultura maker para toda a rede. “A robótica educacional tem a missão de colocar o aluno como protagonista no processo de aprendizagem. As aulas que exploram esse tema são interativas e estimulam a criatividade e o raciocínio lógico dos pequenos. E é exatamente esse o objetivo da gestão do prefeito Rogério Cruz”, afirma. 

Goiânia, inclusive, foi contemplada recentemente com uma emenda parlamentar de R$ 2 milhões para investir no projeto, que faz parte do Smart Educação, uma iniciativa da gestão municipal que visa modernizar o ensino na capital. Além do Laboratório Maker, o programa atua na implantação de sistemas de reconhecimento facial dos alunos e de gestão educacional. 

Thiago Araújo, da editoria de Educação 

Cultura Maker

prefeitura de goiânia

Secretaria Municipal de Educação

Cidadão