Coronavírus

Emoção marca início da vacinação dos profissionais da Educação

Publicado em: 27 de maio de 2021 às 12:00 | última atualização: 27 de maio de 2021 às 12:00

Foto: Secom

Tamanho da fonte:
-A A A+
Ouça a notícia aqui

Emoção e ansiedade marcaram o início da vacinação de profissionais da Educação em Goiânia. A Prefeitura ampliou o grupo prioritário para a população da Educação Infantil pública e privada da capital. Uma das instituições que está recebendo a vacinação é a Escola Municipal Pedro Costa de Medeiros, localizada no Jardim Guanabara.

A auxiliar de atividades educativas do Cmei Jardim das Aroeiras, Sthephany Portugal, contou sobre a emoção de tomar a primeira dose da vacina e sobre a ansiedade de receber novamente os alunos na instituição. A servidora cumpriu isolamento social até agosto do ano passado e passou a atuar presencialmente na instituição de forma escalonada desde então.

"É um sentimento de alívio, ficamos muito gratos. Queríamos que fosse para todos, para poder receber as crianças com mais segurança. Nós, que somos auxiliares de atividades educativas, que trabalhamos na limpeza, na cozinha, temos contato direto com elas, então é muito importante que esse pessoal seja vacinado. Estou doida para ver minhas crianças, ficamos muitos tristes de trabalhar a distância, é dolorido não ter nenhum tipo de contato com eles", disse.

Foto: Secom Goiânia

As irmãs Nathália e Vanessa foram se vacinar juntas nesta manhã. A primeira é auxiliar de atividades educativas no Cmei Demes Divino Junio e a segunda é professora no Cmei Novo Mundo. "Nem dormimos de tanta ansiedade para vacinar, estamos muito felizes", contou Nathália. Já Vanessa destacou a importância de, em breve, ter as crianças novamente em sala de aula. "Ter a proximidade de volta vai ser muito bom. Os alunos e pais estão ansiosos. A vacina tem que chegar para todos", ressaltou.

A vacinação para os profissionais da Educação deve ser feita de forma agendada, por meio do aplicativo Prefeitura 24h. O avanço das etapas para os profissionais das demais etapas de ensino será de acordo com a chegada de novas remessas de vacinas por parte do Ministério da Saúde. Para a vacinação, é necessário levar documento pessoal com foto, CPF, comprovante de atuação em Goiânia (contracheque, carteira de trabalho, contrato, crachá) e autodeclaração (disponível no site da Secretaria de Saúde).

Núbia Alves, da Editoria de Educação