Com 52 postos de atendimento abertos no último sábado (20/08), a Prefeitura de Goiânia realizou o Dia D de mobilização nacional das campanhas de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação. O balanço da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) mostra que o município aplicou 21.912 doses de imunizantes em crianças e adolescentes da capital goiana, sendo que, ao longo do dia, vacinas contra Influenza e Covid-19 também foram aplicadas.

As equipes de Saúde aplicaram, durante o Dia D, 4.692 doses contra poliomielite em crianças de até anos, 5.892 doses de vacinas para completar a caderneta de vacinação de adolescentes de até 14 anos (multivacinação), 6.401 doses contra Influenza em pessoas com mais de seis meses de idade, além de 4.927 doses dos imunizantes contra a Covid-19, que estão disponíveis para crianças com mais de três anos. “Com mais de 20 mil doses aplicadas, podemos dizer que tivemos um dia de vacinação extremamente positivo em Goiânia”, avalia secretário municipal de Saúde, Durval Pedroso.

O calendário da Campanha de Vacinação, que é coordenada pelo Ministério da Saúde, continua até o dia 9 de setembro, período no qual a SMS tem por objetivo reduzir risco de reintrodução de doenças já erradicadas no país, como a poliomielite, e empreender esforços para atualizar a caderneta vacinal das crianças e adolescentes. Para isso, Pedroso reforça a importância de os pais e responsáveis levarem as crianças para receber a imunização necessária.

“A pólio, por exemplo, foi erradicada no Brasil em 1989 e muitos desses pais de hoje desconhecem a gravidade desta doença, por não terem convivido com ela. A reintrodução do vírus em outros lugares do mundo traz risco muito grande de voltarmos a ter casos no nosso país. E só poderemos evitar isso se as nossas crianças estiverem imunizadas”, diz o secretário. “Podemos evitar diversas doenças por meio de vacinas seguras e que são oferecidas gratuitamente pelo SUS”.

A diretora de Vigilância Epidemiológica da SMS, Grécia Pessoni, informa, ainda, que a aplicação dos imunizantes continua em Goiânia e é feita nas 72 salas de vacinas, de segunda-feira a sexta-feira, das 08h às 17h. “A dose contra a poliomielite abrange crianças de um a quatro anos e os demais imunizantes complementam o esquema vacinal do público até 14 anos”. A diretora ressalta que a ação deve alcançar mais de 80 mil pessoas nessa faixa etária.

Para a multivacinação, o público-alvo são crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade (14 anos, 11 meses e 29 dias) não vacinados ou com esquemas vacinais incompletos. Serão ofertadas vacinas como da Hepatite B, Penta (DTP/Hib/HB), Vip/Vop, Rotavírus, Pneumocócica 10 valente (conjugada), Meningocócica C (conjugada), Febre amarela e outras.

“É sempre importante ressaltar que o adiamento da vacinação só deve ocorrer em situações em que a criança ou adolescente esteja com doenças febris graves para que os sintomas, sinais ou eventuais complicações não sejam atribuídas à vacinação e mascarem o problema real”, afirma Grécia Pessoni, que no sábado levou suas três filhas para atualizarem seus cartões de vacinação no ao Centro Municipal de Vacinação (CMV). Só no CVM foram aplicadas 1.987 doses de imunizantes.

Documentos
Para a vacinação, as crianças e adolescentes devem apresentar, obrigatoriamente, o Cartão de Vacinação, um documento e o comprovante de endereço. A lista completa com as unidades de saúde e o horário de funcionamento está disponível na página do ImunizaGyn no site da Prefeitura de Goiânia (www.goiania.go.gov.br).

Secretaria Municipal de Saúde (SMS) – Prefeitura de Goiânia