A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) aplicou 500 notificações administrativas para moderar descarte irregular de entulho, lixo e galhadas em calçadas de bairros da capital, nos últimos cinco dias.

Cerca de 60% dos avisos tratavam de sobras de resíduos da construção civil, enquanto os demais casos referiam-se a mato alto, terra e lixo mal acondicionado. A lista das irregularidades ainda aponta descarte de eletrônicos, móveis e pneus.

A ação teve como objetivo impedir o descarte irregular de resíduos e manter a cidade limpa. Equipe formada com 35 colaboradores da Comurg visitou as vias públicas dos setores Cidade Jardim, Vila Aurora, Castelo Branco, Vila Santa Tereza e Centro-Oeste, e reforçou o trabalho de orientação, fiscalização e vistoria quanto ao descarte de lixo nas calçadas e logradouros públicos.

Os colaboradores da Comurg orientam moradores sobre as boas maneiras de acondicionamento de resíduos, educação ambiental, dias e horários corretos das coletas orgânica e seletiva, funcionamento dos ecopontos, bem como os danos causados às vias públicas e ao meio ambiente, e suas penalidades.

Notificações
Durante a ação, equipes da Comurg só emitem a notificação administrativa se houver entulhos e demais resíduos nas calçadas. Todo trabalho é baseado no Código de Posturas do Município, e o morador tem até 72 horas para executar a limpeza. Caso não o faça, o aviso é encaminhado à Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma).

“A Prefeitura está empenhada em retirar os entulhos das vias públicas e deixar os terrenos públicos, praças e canteiros limpos, mas a obrigação é compartilhada com a comunidade, que precisa manter os lotes particulares limpos, e evitar descarte irregular”, ressalta.

“Só com essa parceria é que teremos uma cidade mais limpa, com espaços públicos preservados para garantir mais qualidade de vida às pessoas”, pontua Alisson Borges.

Fotos: Luciano Magalhães

Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) – Prefeitura de Goiânia