A Prefeitura de Goiânia destaca que o serviço de limpeza de córregos em Goiânia atingiu o índice de três milhões de metros quadrados nos últimos 12 meses. Os serviços executados pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) beneficiam os 85 cursos d’água com ações que envolvem roçagem manual e costal, corte do mato, catação e remoção de resíduos como plástico, papel, pneus e móveis, além de animais mortos, encontrados corriqueiramente nos leitos. 

Em média, a Comurg coleta meia tonelada de resíduos por dia nesse tipo de ação. Dados apontam que de janeiro à setembro, foram limpos 2.793 mil metros quadrados de margens e leitos. Para o presidente da Comurg, Alisson Borges, são números significativos comparados às dificuldades que a ação oferece. “A limpeza nos leitos é executada de forma manual com uso de foice e retirada de entulhos. Já nas margens, os colaboradores contam, ainda, com o apoio de roçadeiras costais”. 

Córregos como Ribeirão Anicuns, Capim Puba, Taquaral, Água Branca, lagoa do setor Jaó, Cascavel e Botafogo são alguns dos leitos em regiões mais adensadas que recebem prioridade dentro da programação. 

O diretor de Limpeza Pública, Alzirio Barbosa, ressalta que o asseio nos mananciais contribui com a redução de descarte clandestino de lixo nas imediações, bem como garante segurança e saúde pública aos moradores da região. “Essas frentes de serviços minimizam os riscos de alagamentos, melhoram a fluidez das águas pluviais, além de prevenir a proliferação de insetos e vetores de doenças”, completa.

Foto: Luciano Magalhães

Companhia de Urbanização de Goiânia – Prefeitura de Goiânia