Coronavírus

Covid-19: Goiânia terá nove pontos para vacinar idosos com mais de 85 anos

Novas doses do imunizante devem chegar à capital no fim de semana. Objetivo dessa nova fase da Campanha de Vacinação é imunizar idosos com mais de 85 anos e acamados com mais de 60

Publicado em: 05 de fevereiro de 2021 às 18:51 | última atualização: 05 de fevereiro de 2021 às 18:51

Tamanho da fonte:
-A A A+

Com a expectativa de receber mais doses da vacina contra a Covid-19 neste fim de semana, a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) já definiu a estratégia para imunizar todos os idosos com mais de 85 anos de idade e acamados com mais de 60 anos. Para que esta nova fase da Campanha de Vacinação ocorra com celeridade, nove locais, incluindo dois pelo sistema drive-thru, estarão aplicando exclusivamente doses do imunizante contra a Covid-19.

A expectativa da SMS, segundo o prefeito Rogério Cruz, é receber do Ministério da Saúde doses suficientes para imunizar as 12 mil pessoas que integram este novo grupo apto a receber a vacina. “Goiânia preparou uma estrutura que vai garantir segurança, conforto e agilidade nessa nova etapa da Campanha de Vacinação. Além dos pontos de vacinação instalados em todas as regiões da cidade, montamos uma força-tarefa para imunizar os cidadãos acamados e mais fragilizados em casa”, afirma.

Os locais de vacinação da capital, conforme anunciado pela SMS, funcionarão das 8 às 17 horas. Com isso, a previsão é concluir esta nova etapa dentro de uma semana. “Goiânia tem expertise no armazenamento e na distribuição de vacinas. Neste sentido, assim que a terceira remessa de doses chegar à capital vamos acionar a nossa logística para garantir eficiência e rapidez no processo de aplicação da vacina”, destaca o secretário municipal de Saúde de Goiânia, Durval Ferreira Fonseca.

Até esta sexta-feira (5/2), a capital goiana já imunizou 46 mil pessoas, entre idosos institucionalizados e profissionais e trabalhadores da área da saúde que atuam no front de combate à pandemia do novo coronavírus. A cidade segue rigorosamente os critérios e os protocolos definidos pelo Ministério da Saúde para imunizar a população.

Thiago Araújo, da Diretoria de Jornalismo