Coronavírus

Coronavac ameniza gravidade de Covid-19 em abrigo de Goiânia

Publicado em: 30 de maio de 2021 às 20:28 | última atualização: 30 de maio de 2021 às 20:28

Tamanho da fonte:
-A A A+
Ouça a notícia aqui

Após investigação iniciada na última terça-feira (25/5), a Secretaria de Saúde de Goiânia (SMS) concluiu que a vacina Coronavac evitou casos graves de Covid-19 em abrigo situado na região Norte da capital.

O asilo, onde moram 18 idosos e trabalham 12 pessoas, registrou 11 casos da doença, sendo oito em idosos e três em trabalhadores. Somente uma idosa apresentou coriza e um trabalhador teve dores de cabeça, o restante está assintomático. 

Todos tomaram a vacina Coronavac no inicio do ano, fato que a equipe de Vigilância Epidemiológica da SMS atribui à forma leve da doença. "Isso mostra que a vacina teve uma eficácia acima de 50%, pois menos da metade teve a Covid-19 e praticamente sem sintomas" , comemora a diretora de Vigilância Epidemiológica de Goiânia, Grécia Pessoni, reforçando que a vacina é a forma mais eficaz de prevenção à doença. 

Neste fim de semana, a equipe que acompanha o caso voltou ao abrigo para realizar exames que vão identificar a presença de anticorpos. O sangue também será usado para estudo de sequenciamento genético que apontará qual foi a cepa que infectou o grupo.

Idosos e trabalhadores que testaram positivo estão isolados e as visitas ao abrigo suspensas.

Sirlene Mendonça, da editoria de Saúde