Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Coronavírus

Comurg amplia ação de enfrentamento ao novo coronavírus

Uma série de medidas foi tomada para evitar a contaminação entre os servidores

Publicado em: 23 de junho de 2020 às 15:37 | última atualização: 23 de junho de 2020 às 15:37

A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) intensificou as ações de enfrentamento ao novo coronavírus em todas as suas unidades de operação. Segundo o presidente do órgão, Aristóteles de Paula, com o atual cenário de disseminação da pandemia e aumento de casos confirmados em Goiânia é importante continuar com ações preventivas para reduzir a possibilidade de disseminação entre os empregados. Foram instalados dispenser de sabonete líquido e papel toalha em todos os pontos de apoio e na sede administrativa, totalizando 243 pontos de higiene das mãos.

Aristóteles afirma que a Comurg já vem adotando uma série de ações para os cuidados de prevenção contra a covid-19 nos principais pontos de operação da empresa. Na sede administrativa foram instalados 12 pontos de higienização com álcool em gel em pontos estratégicos. Na entrada, o servidor passa por um termômetro infravermelho sem contato para aferir a temperatura. Outros pontos de apoio também receberam distribuição de produtos de limpeza para manter a higienização dos locais.

As salas administrativas são limpadas mais vezes durante o dia com água sanitária e detergente e só é permitida a entrada de pessoas autorizadas em alguns setores específicos. Já mesas e equipamentos são higienizados com álcool líquido várias vezes durante o expediente.

Ainda, segundo Aristóteles, há a necessidade de se observar todas as orientações e determinações da Prefeitura com a finalidade de evitar uma possível disseminação do vírus entre colaboradores. “A Comurg tem empenhado em oferecer condições seguras aos seus empregados. Temos procurado diversas formas de prevenir a contaminação e possíveis disseminações do vírus”, conta.

 Medidas preventivas

Os casos suspeitos ou confirmados de contaminação devem ser comunicados ao Serviço Médico da Companhia. Cabem às chefias setoriais identificação de empregados que estejam apresentando sintomas, através de uma entrevista breve, antes do início das atividades. Considerando os sintomas da doença nos casos mais comuns como febre, tosse seca, cansaço, dor de garganta e dor de cabeça.

Também é necessário observar os sintomas menos comuns como dores e desconfortos no corpo, diarréia, conjuntivite, perda do paladar e olfato e descoloração das mãos e pés. Já os sintomas mais graves são dificuldade de respirar, dor e pressão no peito, perda da fala e movimentos.

Segundo a Comurg, a fiscalização do uso de máscara foi intensificada e medidas administrativas serão tomadas em caso de descumprimento. Já nos pontos de apoio espalhados pela cidade, os técnicos de segurança estão passando orientações aos servidores para os cuidados necessários. Para casos suspeitos e duvidosos, o servidor deve entrar em contato 3524-8565/8536 para mais orientações e acompanhamento.

Silvio Sous, da editoria de Urbanização
Fotos: João Araújo