O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Setor União criou um kit pedagógico para amenizar o impacto do distanciamento social provocado pela pandemia entre professores e crianças. Outros projetos semelhantes são desenvolvidos em toda a rede de ensino municipal, que busca alternativas para aproximar alunos da equipe escolar.

A coordenadora pedagógica do Cmei União, Hellen Amaral, conta que a ideia surgiu em meados de 2020, “com o objetivo de levar um pouquinho do nosso CMEI para a casa de cada um.”

No primeiro kit, professoras e auxiliares de sala elaboraram uma carta individual para suas crianças fazendo esclarecimentos sobre os cuidados contra a Covid-19, com uma foto da turma tirada antes da suspensão das aulas presenciais. Com sabonete líquido, sachê de chá de camomila para acalmar os sentimentos, sementes de girassol para plantio e um bloco de Observações da Natureza (retirado do site “Ser Criança é Natural”) os pequenos se sentiram acolhidos e menos distantes da equipe escolar.

A partir de então, o kit passou a ser montado de acordo com as propostas das professoras de cada agrupamento e se tornou uma “caixa surpresa”, que as familias recebem mensalmente, junto com o kit alimentação.

KIt pedagógico sendo montado no Cmei União

As caixas decoradas dão suporte para as famílias realizarem as atividades programadas para aquele mês com as crianças. Incluem papel colorido, giz de cera, tinta guache, canetinhas, lápis de cor, massinha cordão, crepom, argila etc. Os materiais usados fazem parte da rotina das unidades e são adquiridos com a verba de consumo do Programa de Autonomia Financeira da Instituição Educacional (Pafie).

De acordo com a diretora Daniella Vasconcelos, desde o início da pandemia, os profissionais se esforçam para encontrar as melhores estratégias para dar continuidade ao atendimento do Cmei. Segundo ela, o projeto inspirou outras unidades que buscam dicas e trocam informações com eles.

Adriene Bastos, da editoria de Educação

cmei

EducaçãoGyn

Kit Pedagógico

Pandemia