Seguindo com a programação da campanha “Maio Amarelo”, a Prefeitura de Goiânia resolveu te ajudar a esclarecer sobre cinco atos no trânsito que geram penalidades e que você provavelmente não sabia.

Para responder e tirar as dúvidas, consultamos o gerente de Educação no Trânsito da secretaria municipal de Mobilidade, Horácio Ferreira.

Confira abaixo práticas corriqueiras, que, no entanto, são vetadas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

1 – Comer ou beber conduzindo veículo

Foto: Reprodução

Essa conduta pode caracterizar infração média, com multa de R$ 130,16 e quatro pontos na carteira. “Não é proibido comer. O Inciso V do Artigo 252 do CTB proíbe dirigir com apenas uma das mãos no volante, exceto se você for sinalizar uma manobra para os demais motoristas. Quem tem o costume de comer enquanto dirige corre o risco de ser multado”, explica Horácio.

2 – Fumar enquanto dirige

Foto: Reprodução

Segundo Horácio, o motorista que for pego fumando no carro e com apenas uma das mãos no volante pode igualmente ser enquadrado no Inciso V do Artigo 252 do Código de Trânsito Brasileiro. Portanto, trata-se de infração média, com a mesma penalidade de quem comer ou beber dirigindo.

3 – Dirigir usando chinelo ou salto alto

Foto: Reprodução

Nesse caso, o gerente explica que chinelos, sandálias, rasteiras ou qualquer calçado que não prenda os pés é uma infração média. Ele esclarece que o Inciso IV do Artigo 252 veta o uso de calçado que não se firme nos pés ou que comprometa a utilização dos pedais do veículo. “Melhor dirigir com os pés descalços”, sugere Horácio Ferreira.

4 – Dirigir com o braço para fora

Foto: Reprodução

Como as outras infrações mostradas acima, dirigir com o braço pra fora também é infração média, porque dirigir apenas com uma mão no volante é proibido em toda e qualquer hipótese. “Esse hábito é bastante corriqueiro, ainda mais em cidades quentes como Goiânia.  Porém, a prática é enquadrada como infração média, prevista no Inciso I do Artigo 252 do CTB”, afirma Ferreira.

5 – Conduzir veículo com fones nos ouvidos

Foto: Reprodução

O Inciso VI do Artigo 252 aponta que dirigir usando fones é uma infração média, com as penalidades descritas acima. “Porém, o Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito, aprovado pelo Contran, determina não autuar o motorista caso ele esteja usando fone em apenas um dos ouvidos”, ressalta Horácio.

Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe, nesta quinta-feira (06), a live com o nosso entrevistado Horácio Ferreira, a partir das 12h, no instagram da Prefeitura de Goiânia. Basta acessar o perfil @prefeituragoiania.

Leia mais:

Crianças menores de 10 anos não podem ser transportadas em motos

Faixas exclusivas para motos ajudam reduzir conflitos no trânsito

Campanha 2021 da Prefeitura de Goiânia tem como foco a faixa de pedestre

Diego Reis, da Diretoria de Jornalismo

maio amarelo

transito