Os artistas aprovados pela Lei Aldir Blanc, em 2021, têm até 90 dias após o recebimento do auxílio emergencial, via depósito em suas contas, para realização das apresentações de contrapartida. Para isso, é preciso que preencham, com dez dias de antecedência, um formulário disponível no link https://www.goiania.go.gov.br/secult/lei-aldir-blanc/divulgacao-da-contrapartida-2021/, onde devem informar: segmento, nome do projeto/artista, data e horário, link de reprodução, contato e, por fim, devem anexar o flyer do evento, feito com a barra de divulgação da Lei, disponível para no mesmo link.
 
O secretário municipal de Cultura, Zander Fábio, ressalta que esta etapa é muito importante para a conclusão do processo e prestação de contas. “Estamos aos poucos finalizando todos os pagamentos dos aprovados pela Lei Aldir Blanc. Iniciamos agora as apresentações de contrapartida e serão quase mil projetos culturais disponíveis nas plataformas virtuais para a população. A Lei Aldir Blanc, mais uma vez, contribui com a promoção da arte da cultura, nesta fase difícil que a classe vive devido à pandemia”, afirma.
 
Lei Aldir Blanc
 
A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secult, recebeu 995 inscrições no cadastramento do terceiro Edital de Chamada Pública da Lei Aldir Blanc, publicado no Diário Oficial no dia 17 de setembro de 2021.Desta vez, a classe artística está sendo beneficiada com o valor remanescente de R$ 4.206.000,00.
 
Artistas, grupos e profissionais do setor cultural (pessoa física e jurídica) realizaram a inscrição de projetos que visam a criação de conteúdo em plataformas digitais com acesso gratuito ao público. Entre eles, ações formativas (oficinas, rodas de conversa, palestras, entrevistas, workshops, seminários ou cursos), performances, shows, musicais, exibição de filmes, exposições, lançamento de livros, saraus, nos segmentos: Audiovisual, Cultura Hip Hop, Artes Visuais, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Cultura Popular (com toda a sua amplitude e abrangências).

Em 2020, a Secult recebeu, por meio da Lei Aldir Blanc, o valor de R$ 9.739.858,18, que contemplou diversos artistas, grupos e espaços culturais nos incisos II e lll em dois editais publicados em novembro. O valor repassado aos mais de 800 projetos aprovados nos primeiros editais foi de R$ 5.483,206,00.
 
Para mais informações acesse goiania.go.gov.br/secult ou entre em contato pelo telefone: 3524-1170
 
Lívia Máximo, editoria de Cultura

cultura

lei aldir blanc

prefeitura de goiânia