Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Educação

Alunos de escolas municipais são diplomados vereadores mirins pelo TRE

Projeto Eleitor do Futuro levou a iniciativa do Parlamento Jovem para treze instituições de ensino da rede

Publicado em: 30 de outubro de 2019 às 12:34 | última atualização: 30 de outubro de 2019 às 12:41

Alunos de treze escolas municipais foram diplomados, na manhã desta quarta-feira (30/10), vereadores mirins pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Goiás (TRE). A solenidade foi realizada na sede do órgão, com participação de desembargadores, juízes e procuradores eleitorais.

O evento faz parte do Projeto Eleitor do Futuro, realizado pelo Escola Judiciária Eleitoral de Goiás, que leva a iniciativa do Parlamento Jovem para dentro das escolas. A ação consiste em levar o processo eleitoral para dentro das instituições, com definição de candidatos, confecção e apresentação de propostas de governo, eleição dos representantes, diplomação, posse e o efetivo exercício de um legislador.

Eleito com 106 votos, Mateus Ferreira, 14, aluno da Escola Municipal Professora Silene de Andrade, contou como foi uma parte da campanha e qual a proposta apresentou: “Tivemos um debate e a minha proposta foi levar música para as escolas. Música é arte e arte é uma forma de se expressar. Uma sociedade que se expressa vai ter um ambiente melhor”, disse.

De 110 candidatos a vereadores, 35 foram eleitos, sendo quatro deles de uma escola privada de capital. Desse total, 50% dos eleitos foram mulheres, fato comemorado pelo TRE. Da Escola Municipal Professora Silene de Andrade, a aluna Quézia Araújo, de 15 anos, apresentou a proposta de levar o hino nacional para as unidades de ensino. Ela mostrou empolgação com o projeto e pensa em seguir carreira política. “O projeto abriu as portas para mim, pois gosto de política e penso em seguir isso no futuro. Espero que meu mandato seja bom, estou muito nervosa, mas acho que sou capaz de lidar com a pressão dos eleitores”, contou.

A solenidade de posse será realizada no próximo dia 4, na Câmara Municipal de Goiânia. A sequência do projeto será um curso de formação na Câmara, com posterior apresentação de propostas de leis.

Núbia Alves, da editoria de Educação e Esporte

Fotos: Laís Borges